Conexão de Granada - 3 Dia M.   Posted by Narrador 2.0.Group: 0
Narrador 2.0
 NPC, 145 posts
 GM Substituto
Thu 6 Aug 2015
at 01:53
Re: Conexão de Granada 3 - Dia M
OOC: Gwen Jones, vulgo Wraith

Wraith:
Gwen olha para os lados a procura de apoio, mas sem ver nenhum, resolve perguntar.

Não entendo nada de Mainframes, eu tenho um notebook e nem entendo muito como ele funciona.

Você quer que eu identifique e desabilite uma placa em 7.8 segundos sem nem saber o que tenho que fazer e me fala que tenho 10 minutos para me preparar?!

Porque você simplesmente não bloqueia o sinal?!


Dhampyr olhou para a Líder Etérea com frieza e impessoalidade, e virou-se em silêncio.

Red Oni:
"Talvez ele lhe dê algum dispositivo que você deva colocar no mainframe que faça o serviço Gwen, mas sei lá estou achando tudo isso muito estranho."


O Gênio Residente caminhou até a mesa onde o seu equipamento estava, terminando de coleta-los.

Neutraliser (M):
Chris pensando melhor, apoia a colega.

Bem por ai Gwen, tbem não tenho habilidade nenhuma com essas coisas.

Agora é como a Katsumi falou, se tiver ajuda de algum dispositivo e um manual de explicação.

Grande posssibilidade de fuder tudo é muito alta.



"Tudo que lhes é pedido são parte do potencial de suas habilidades que por indisciplina ou comodidado vocês ainda não utilizaram." - o Hadjuk falou, num tom seco - "GEM irá guia-la, Agente Jones, e você irá receber o feedback dela via o leitor holográfico do seu comunicador."

Virando-se para Chris, ele fala:

"Na mesma maneira que GEM irá guiar Jones, ela também irá lhe guiar, O'Donnell, em quais frequencias especificas você deve bloquear. O mainframe como um todo tem que continuar funcionando para manter o link quantico da Ünthernet ativo. se fosse simples, eu não precisaria dos seus talentos."

De repente, GEM se vira da posição de estátua dela, e fala:

"Hadjuk, a telemetria aponta para a presença de civis." - Ela informou.

As imagens de satélite se aproximam e o pixelado logo se torna nítido com os algorítimos, mostrando então a imagem de cima que claramente mostra indivíduos armados conduzindo uma mulher com uma criança de colo nos braços para dentro de um prédios.

Diversas imagens diferentes começam a se interpor, criando uma imagem multiespectral de duzias de indivíduos separados no que parecem ser pequenos quartos, ou celas...

"Vinte e cinco adultos e seis criancas estão presentes no campo. Os padrões conformam com o perfil de prisioneiros."

Por um momento, o croata ficou em silêncio, e subitamente, ele esmurra a mesa de forma bem sonora.

"Mudança de planos." - Dhampyr informou de forma autoritária, ao que a miríade de telas começa a mudar - "Vigilante, você, Wraith, Red Oni e Neutraliser efetuam o resgate dos civis. Nemesis e Transmorfo lhes darão cobertura."
Wraith
 player, 576 posts
Thu 6 Aug 2015
at 02:26
Re: Conexão de Granada 3 - Dia M
Wraith olha para os demais membros da equipe.

Alguns ainda estão de pijamas.

Vamos pessoal, hoje é missão sem as panquecas. Entramos em quanto tempo?

OoC: Por parte da Wraith a idéia de evolução da personagem é retirar os drawbacks de mistrust e preso e depois pegar o parcial dispersal e treinamento em artes marciais e skills basicos de um agente do checkmate. Ela vai querer se juntar ao checkmate como operativo.
Red Oni
 player, 745 posts
Thu 6 Aug 2015
at 03:55
Re: Conexão de Granada 3 - Dia M
"Entendo. Bem ao menos meu dia começou bom, Ikuzo."
OOC: Ikuzo -> Vamos lá.

OOC2: Bem eu quero ouvir sugestões para upgrades, sinceramente ainda estou indeciso.
Nemesis
 GM, 439 posts
 Aaron Gibson
 Awesomeness & Coolness
Thu 6 Aug 2015
at 14:31
Re: Conexão de Granada 3 - Dia M
"Poxxxo tmmar bannh antexx?" Aaron falou, ainda com a boca cheia de panquecas, suado e sem camisa.
Daniel Magellan
 player, 131 posts
 Transmorfo
Thu 6 Aug 2015
at 16:02
Re: Conexão de Granada 3 - Dia M
Daniel olha para toda a amovimentação com cara de confuso.

Oi? O que tá acontecendo? Pra onde a gente vai? Eu desligo, quando a Dhampyrella começa a falar.
Nemesis
 GM, 440 posts
 Aaron Gibson
 Awesomeness & Coolness
Thu 6 Aug 2015
at 18:51
Re: Conexão de Granada 3 - Dia M
Daniel Magellan:
Daniel olha para toda a amovimentação com cara de confuso.

Oi? O que tá acontecendo? Pra onde a gente vai? Eu desligo, quando a Dhampyrella começa a falar.


Aaron se levanta e dá um tapinha no ombro do companheiro, a caminho do vestiário. "Cebolinha e Cascão pensaram num plano infalível pra roubar o coelhinho da Mônica. Não deu certo – de novo – e a gente vai lá salvar os caras da surra mais uma vez. Ou seja, um dia comum." Já na porta, sem se virar, ele continua. "Cachinhos Dourados e Lampadinha, vou tomar um banho e encontro vocês daqui a pouco, ok? Tentem não mudar o plano de novo enquanto eu estou fora. Já me perdi aqui sobre em quem eu tenho que bater e não são nem 10 da manhã."
Narrador 2.0
 NPC, 146 posts
 GM Substituto
Fri 7 Aug 2015
at 03:18
Re: Conexão de Granada 3 - Dia M
OOC: Greetings, povo. vamos à aventura.Novamente, mil desculpas pelo texto longo, mas como isso era originalmente um conto, eu tinha essas cenas escritas. Eu tenho algumas sugestões para os upgrades da Oni e da Wraith, mas as condições sociais são coisas que se resolve em aventura, em breve.


Wraith:
Wraith olha para os demais membros da equipe.

Alguns ainda estão de pijamas.

Vamos pessoal, hoje é missão sem as panquecas. Entramos em quanto tempo?


Red Oni:
"Entendo. Bem ao menos meu dia começou bom, Ikuzo."
OOC: Ikuzo -> Vamos lá.


Nemesis:
"Poxxxo tmmar bannh antexx?" Aaron falou, ainda com a boca cheia de panquecas, suado e sem camisa.


"Eu não sei. pergunte à ele" - Trayce respondeu, e virando-se para Dhampyr. - "Novak, a coluna?"


Ignorando seus colegas e sua parceira, o croata ativou outra tela, que mostrou o rosto familiar de Beatriz da Costa, vulgo Fogo:

"Seu status, Da Costa?"

A contragosto, a agente olhou para o rapaz e respondeu:

"Eu não gosto dessa idéia, Novak. o mato está seco, e qualquer vento pode espalhar o fogo." - Ela reclamou.

"Eu não preciso que você goste de nada, Agente. Eu preciso que você obedeça as suas ordens." - Ele respondeu, autoritário.

"Escuta aqui, garoto, eu estou lhe fazendo um favor e..." - Ela começou a reclamar, mas foi abruptamente cortada po Dhampyr

"Quem está fazendo um favor à quem aqui sou eu, Da Costa. Um favor em dar razões ao Bureau de Assuntos Meta-Humanos para não dissecar o seu capitãozinho e extrair aquela carapaça metálica dele e dar um uso que seja de fato útil para alguém!" - Dhampyr esbravejou de uma forma tão agressiva e raivosa que fez Waller erguer uma sobrançelha (não necessariamente em reprovação), e deixou a brasileira devidamente surpreendida - "Missão dada é missão cumprida, agente. Se você se sentir culpada pelo meio ambiente, depois plante uma árvore e compre uma porra duma chinchilla! Fui Claro?"

Se o olhar da Fogo pudesse matar, Faust Novak seria um presunto. Ela o encarou em silêncio por um momento, e então falou, numa voz mais baixa.

"Sim, foi." Ela concedeu.

"Sim, o quê?" Ele ainda não estava terminado.

Novamente outro olhar, e as chamas tomaram conta do corpo da heroina.

"Sim senhor!" - Ela respondeu, com raiva, antes de levantar vôo.



Daniel Magellan:
Daniel olha para toda a amovimentação com cara de confuso.

Oi? O que tá acontecendo? Pra onde a gente vai? Eu desligo, quando a Dhampyrella começa a falar.


Nemesis:
Aaron se levanta e dá um tapinha no ombro do companheiro, a caminho do vestiário. "Cebolinha e Cascão pensaram num plano infalível pra roubar o coelhinho da Mônica. Não deu certo – de novo – e a gente vai lá salvar os caras da surra mais uma vez. Ou seja, um dia comum." Já na porta, sem se virar, ele continua. "Cachinhos Dourados e Lampadinha, vou tomar um banho e encontro vocês daqui a pouco, ok? Tentem não mudar o plano de novo enquanto eu estou fora. Já me perdi aqui sobre em quem eu tenho que bater e não são nem 10 da manhã."



"Movimentação no campo de prisioneiros." - GEM informou. - "Gerando imagem espacial."

Uma das telas passou da imagem de cima para como se fosse uma câmera no solo. Um rapaz, um homem e uma mulher com uma menininha de colo estavam sendo escoltados sob o cano de fuzis por cinco capangas. Eles estavam acorrentados nos pés e nas mãos, e foram rudemente encaminhados até a beira de um descampado onde uma grande vala estava aberta.

A mulher e o homem imploravam aos seus captores, e o jovem tentava não ser arrastado. Um dos captoresdeu-lhe uma coronhada que o fez cair de joelho no chão. O homem e a mulher se abraçaram, enquanto um dos capangas pegou o rifle, colocou na cabeça do rapaz, e disparou, fazendo os miolos deles forrarem o chão.  Ele então chutou o corpo morto da vala, e virou-se para os outros, fazendo um gesto para o homem.

Este começou a ser puxado sendo afastado da mulher, mas a menina, que não estava acorrentada, tentou se segurar no pescoço do homem que claramente era seu pai, e um dos capangas se moveu para agarrar a criança.

Dhampyr virou-se para os Misfits, e um metal maleavel se revelou as costas dele, desdobrando em escamas até formar um capacete rigido e selado, escondendo seu rosto com um visor negro.

"Isso responde a sua pergunta?" - Ele falou, sua voz soando metálica.

Sacando sua pistola, o croata disparou contra as duas extremidades da coluna no meio da sala, e os disparos fizeram com que as áreas atingidas se desintegrassem em líquidos. Ele largou a arma, que magneticamente voltou para o coldre, e agarrou a coluna que caía, sem parar enquanto corria na direção da parede. Num flash, ele desapareceu, e no campo de prisioneiros, do alto a coluna caiu em cima do capanga que havia matado o jovem, esfacelando-o, e logo atrás do capanga que estava pegando a criança, Dhampyr pousou ruidosamente, assustando todos eles, e agarrando o capanga antes que ele pudesse reagir, jogando-o em cima dos outros com tamanha violência e força que eles foram parar a alguns metros de distância.

Waller, vendo a cena, olhou para Wraith e os outros, e só disse uma coisa:

"VÃO!"

OOC: Go Go, Misfits!
Nemesis
 GM, 441 posts
 Aaron Gibson
 Awesomeness & Coolness
Fri 7 Aug 2015
at 03:45
Re: Conexão de Granada 3 - Dia M
Aaron normalmente era apenas um adolescente desbocado e cínico, mas se havia algo que o tirava do sério – ok, várias coisas o tiram do sério – era ter que sair correndo atrás dos rompantes alheios – especialmente, e talvez nem os celestiais saberiam explicar, Faust. Quando o croata se teleportou para o campo de batalha de maneira intempestiva, obrigando Aaron e os demais a simplesmente largar tudo e segui-lo, aquilo começou a despertar algo no interior do adolescente que ele não gostaria de ver liberado novamente – um sentimento ruim, muito ruim.

Ele estava com a mão no batente lateral da porta quando Waller deu a ordem. A reação de Aaron foi fechar o punho, e o material da parede esfacelou completamente. Se voltando para a diretora do complexo, ele caminhou até ficar a poucos centímetros do rosto dela. "Eu fiz uma promessa algum tempo atrás, e não sou de voltar atrás, mas vamos recapitular: eu prometi não fugir, e não vou, mas nunca disse que não iria matar mais ninguém." O tom de voz de Nemesis – não Aaron – era grave e ameaçador. Ele definitivamente não estava brincando. "Ou você coloca o seu cãozinho de volta na coleira, ou eu vou esvaziar o canil."

Se voltando para as outras agentes, Trayce e DaCosta, ele continuou. "Se ninguém for nos teleportar atrás do Senhor Sucesso, acho melhor entrarmos na porcaria do jato, não? E dane-se o meu banho. Vou matar alguém hoje com meu super-suvaco além da super-força – é mais terrível assim."

OOC: Acreditem, ele disse a última frase sem rir.
Narrador 2.0
 NPC, 148 posts
 GM Substituto
Fri 7 Aug 2015
at 04:08
Re: Conexão de Granada 3 - Dia M
OOC: UOPS, equeci uma coisinha.

Gem olhou para os misfits, e disse:

"Zeta Beam ativado."

Um flash aparece na frente de cada um dos agentes...

... que quando dão por sí, estão no ar, a centenas de metros do chão. Quaisquer roupas que estivessem vestindo deram lugar agora a trajes de campo, similares aos uniformes normais que cada Misfit usava, com a diferença que a malha era igual à malha blindada dos Knights do checkmate, e o visor holográfico está ativo em cada um dos agentes, marcando elementos hostis e indentificando instalações e veículos

Trayce mergulhou, acionando o jetpack do traje dela para descer à frente do grupo.

This message was last edited by the player at 04:14, Fri 07 Aug 2015.

Red Oni
 player, 747 posts
Fri 7 Aug 2015
at 04:25
Re: Conexão de Granada 3 - Dia M
"Eu contudo não prometi e não prometo nada, mas meus atos falarão por mim. Yoraba taiju no kage." Diz ao passar por  Trayce, DaCosta e Waller.

OOC: Tradução: Se você escolher a sombra, escolha ficar sob uma grande arvore. Significado: Sirva ao mais poderoso para o seu próprio bem.

"Mas não se preocupe tenho motivos para me portar bem e querer o sucesso desta missão diz enquanto se movia para pegar um avião."

Ela corria e pensava no que diabos estava fazendo indo para o meio sei lá de onde para seguir instruções que nem havia compreendido ainda, mas ver aqueles sujeitos atirando nos pais da garotinha já tinha sido suficiente para ela, era uma vilã e tinha ficha suja, mas mesmo assim pode-se ter respeito, honra e classe.

"Mas oque? Kuuuuuuuuso!!!!"
OOC: isso eu não preciso traduzir.

Direciono o negócio para não virar panqueca e bem escolho um ponto onde possa sair causando estrago.

This message was last edited by the player at 05:27, Fri 07 Aug 2015.

Wraith
 player, 577 posts
Sat 8 Aug 2015
at 01:55
Re: Conexão de Granada 3 - Dia M
Wraith fica um pouco surpresa com a situação mas apos o teleporte resolve deixar qualquer coisa para tras e focar na missão.

Daniel cuide dos outros. Prioridade é proteger os inocentes e achar o mainframe, depois acabamos com esses assassinos.

E com isso ajusta o corpo para cair o mais rápido possível em direção ao solo e fica intangível logo antes de atingir o chão voando para tentar proteger os reféns.

Wraith esta extremamente irritada com a situação e o fato de terem matado um inocente não vai ficar por isso mesmo.
Narrador 2.0
 NPC, 151 posts
 GM Substituto
Sat 8 Aug 2015
at 05:52
Re: Conexão de Granada 3 - Dia M
OOC: Rapidinha pra terminar a noite bem.




Red Oni voou direto contra o cativeiro dos civis. O seu visor holográfico lhe deu a leitura multiespectral, indentificando prisioneiros e captores dentro do galpão. A Espadachim Psíquica desacelerou o suficiente para não se quebrar, mas rápida o suficiente para arrebentar o telhado de zinco, pousando no meio de um grupo de bandidos.  Os bandidos foram surpreendidos e assustados pelos pedaços do telhado caindo, e isso deu à Katsumi a vantagem. nenhum daqueles homens, acostumados ao crime corriquieiro, foram páreo para a Misfit, que os colocou fora de ação com uma sequência rápida de golpes.

Wraith ficou intangível, logo antes de se chocar contra o solo, e voando por baixo, ela surgiu atrás da família que estava para ser fuzilada, expandindo seu campo fásico instintivamente ao ver outros capangas saindo de uma cabana já atirando na direção geral de Dhampyr, que coincidia com os inocentes.

Vigilante respondeu à agressão, descendo próximo à Misfit disparando com uma de suas armas, que definitivamente não eram equipamento padrão, já que dispararam projéteis energéticos que explodiram com impacto contra seus alvos como se fossem granadas. Ela saltou, impulsionada pelo jetpack, disparando uma arma de energia que causou explosões por seu trajeto.

Ylliana Tesla desceu dentro do galpão, agarrando um dos canos no teto para modificar sua trajetória, e voando contra um traficante que estava ainda com as calças na mão, saindo de um quartinho. A acrobata o acertou em cheio no peito, fazendo-o voar pela parede de madeira, esacando sua lâmina holográfica, ela começou a cortar os cadeados das celas.

Do lado de fora, Wraith viu Dhampyr executar três traficantes com a mesma pistola que ele havia usado contra a coluna, com o mesmo resultado aterrorizante: partes do corpo dos bandidos se dissolveram em líquido em meio a gritos de agonia; um na cabeça, outro no torso e braço, e o outro no abdome, o que o fez se partir ao meio.

"Ache o Mainframe" - A voz distorcida e metálica dele se dirigiu à ela, antes dele saltar, com o jetpack ativado, que o impulsionou para longe dela, em outra área da instalação, largando no chão uma esfera que foi direto num jipe que se aproximava com bandidos neles.

Numa explosão bizarra, o Jipe, quem estava nele, e o solo ao redor foram esmagados numa e condensados numa esfera pouco maior que uma bola de bilhar.

Com o caos reinando e as explosões, praticamente todo bandido está em alerta, e pelos visores holográficos os misfits podiam ver atráves dos prédios as dezenas de mercenários, bandidos e traficante, à pé ou em veículos, vindo na sua grande maioria na direção do galpão.

Algumas áreas o visor não conseque penetrar, indicando áreas blindadas, e uns poucos indivíduos bem longe de onde os Misfits estão, são marcados como alvos primários. não há nenhum sinal do mainframe. O avião no hangar acionou seus motores. A trajetória projetada da Vigilante é a torre de comunicação, e a trajetória projetada de Damphyr é o Casarão principal.

OOC: TRansmorfo, Nemesis e Neutraliser pousam ao redor do galpão. Nutraliser tem um jetpack para pouso igual ao da Oni.  O  holovisor de vocês identifica os prédios por dormitórios, casamata, refinaria de drogas, armazem, garagens, celeiro, casa grande, hangar, gerador de energia e reservatório de combustivel.
Wraith
 player, 578 posts
Sat 8 Aug 2015
at 18:37
Re: Conexão de Granada 3 - Dia M
Neutraliser siga em direção a casamata, provavelmente o mainframe esta lá. Vou entrar e verificar o local.

Nemesis e Transmorfo, acabem com a resistência.

Oni, Vigilante e Tesla Evacuem os inocentes.


Com isso wraith se torna invisivel e segue a toda velocidade para dentro da casamata.
Red Oni
 player, 750 posts
Mon 10 Aug 2015
at 13:20
Re: Conexão de Granada 3 - Dia M
Agora quero ver se o sujeito vai seguir ordens... Quanto a mim é vou seguir o livro desta vez, tudo vai sair certinho e certinho...
Pensa Katsumi.

"Hai, Mas para onde? Não temos veiculo de fuga ou coisa que o valha para tirar essa gente daqui, no máximo posso coloca-los para um caminho sem bandidos e é o que farei."

Neutraliser (M)
 player, 101 posts
 Chris O'Donell
 Quebrarei esta ilusao
Mon 10 Aug 2015
at 13:56
Re: Conexão de Granada 3 - Dia M

Vou em direção a Casamata achar o mainframe.
Nemesis
 GM, 442 posts
 Aaron Gibson
 Awesomeness & Coolness
Wed 12 Aug 2015
at 23:54
Re: Conexão de Granada 3 - Dia M
OOC: Meu último post saiu estranho porque não tinha todas as informações. Considerem então que ele é teleportado ao invés de seguir para fora do refeitório

"Acabar com a resistência? Tive uma idéia." E, pegando a bola de bilhar que um dia foi um jipe com vários passageiros, Nemesis arremessa a esfera com toda a sua força contra o que o visor do uniforme novo identificou como o reservatório de combustível. Em seguida, se virando para Transmorfo: "Ei, Danny Boy, deixa que eu cuido do comitê de boas vindas, ok? Parece que você tem um avião pra pegar..." diz ele, sinalizando para o avião que começa a deixar o hangar.
Narrador 2.0
 NPC, 152 posts
 GM Substituto
Fri 14 Aug 2015
at 03:42
Re: Conexão de Granada 3 - Dia M
Wraith:
Neutraliser siga em direção a casamata, provavelmente o mainframe esta lá. Vou entrar e verificar o local.

Nemesis e Transmorfo, acabem com a resistência.

Oni, Vigilante e Tesla Evacuem os inocentes.


Com isso wraith se torna invisivel e segue a toda velocidade para dentro da casamata.



Neutraliser (M):
Vou em direção a Casamata achar o mainframe.



Wraith se torna intangível e voa na direção da casamata. Ela assusta e confunde os mercenários em seu caminho, fazendo até com que alguns deles abrissem fogo uns contra os outros.

Já o caminho para Neutraliser não estava tão fácil, pois ele era bem tangível, mas usando os poderes dele, o Misfit Albino conseguiu anular o efeito quimico da pólvora dos cartuchos nas armas ao seu redor. E ele teve os bandidos distraídos pela Vigilante, que surgiu de cima de uma das casas, fuzilando a maioria dos bandidos em seu caminho, deixando a trilha livre até a casamata. Um deles, ela não alvejou, e no visor dos misfits a identificação de alvo primário apareceu.

E. Herculano

A agente saltou com a ajuda de seus microjatos até o chefão, agarrando-o sem esforço, levantando-o do chão.

- "Extração!" - Ela gritou

Por uma fação de segundos um portal se abriu, e ela sem cerimônias o arremessou pelo mesmo, que desapareceu em seguida.


Enquanto isso, dentro do cativeiro...

Red Oni:
Agora quero ver se o sujeito vai seguir ordens... Quanto a mim é vou seguir o livro desta vez, tudo vai sair certinho e certinho...
Pensa Katsumi.

"Hai, Mas para onde? Não temos veiculo de fuga ou coisa que o valha para tirar essa gente daqui, no máximo posso coloca-los para um caminho sem bandidos e é o que farei."


Tesla virou-se para a Espadachim e então tocou sua manopla, fazendo aparecer a imagem holográfica de GEM em miniatura.

- "Nós precisamos evacuar esses civis, GEM." - Ylliana falou.

Um minimapa do compound apareceu, e a voz da Holograma soou:

- "Existe um veículo de transporte em massa localizado  35 metros à noroeste que tem capacidade de comportar todos os civis, Dhampyrella." - A I.A. falou, usando o codinome da croata. - "Alerta, soldados inimigos se aproximando pelo oeste, 15 metros de distância."

Dhampyrella virou-se para Red Oni, e em resposta à ameaça, ela ativou as duas lâminas holográficas de suas manoplas.

- "Nós temos que proteger essas pessoas." - a Loira falou.

Do lado de fora...

Nemesis:
OOC: Meu último post saiu estranho porque não tinha todas as informações. Considerem então que ele é teleportado ao invés de seguir para fora do refeitório

"Acabar com a resistência? Tive uma idéia." E, pegando a bola de bilhar que um dia foi um jipe com vários passageiros, Nemesis arremessa a esfera com toda a sua força contra o que o visor do uniforme novo identificou como o reservatório de combustível. Em seguida, se virando para Transmorfo: "Ei, Danny Boy, deixa que eu cuido do comitê de boas vindas, ok? Parece que você tem um avião pra pegar..." diz ele, sinalizando para o avião que começa a deixar o hangar.


A bola que nemesis arremessou que era incrivelmente densa e pesada, possivelmente algumas toneladas, atravessou tijolos, cimento, terra, musculos, ossos e metal até atingir seu alvo, causando uma explosão ao continuar em sua trajetória. A explosão violenta fez o hangar ruir, assim como uma torre de vigilância, que caiu em cima de outro barracão, causando um incêncio e fazendo com que os bandidos e mercenários corresem por sua vida.

O Tanque Sereno viu Dhampyr pousar em cima do capô de um carro em movimento com violência, fazendo o motor afundar e veículo parar bruscamente. Ele moveu-se até a porta do passageiro, arrancando-a e puxando para fora o ocupante e jogando-o ao chão. Alguns dos capangas dentro do carro, ainda atordoados abriram fogo, com suas balas ricocheteando na armadura e no escudo de força do Hadjuk, que em resposta sacou sua pistola, reduzindo à líquidos os ocupantes. Ele caminhou até o homem no chão, e o visor o identificou:

R. Orejuela

Um portal abriu-se ao lado dele, e pegando-o pelos cabelos, ele o arrastou e o jogou para dentro, com o portal fechando logo em seguida.


Na Casamata...

Wraith entrou na casamata sem problemas. o concreto havia sido feito para resistir à bombardeios, não à campos fásicos, e a Líder Etérea viu lá dentro um bando de armas, alguns computadores, e uma porta de metal. Alguns homens estavam de guarda na porta para fora, mas a porta no fundo da sala estava desquardada... a não ser pelo que parecia ser uma leve distorção espacial...
Red Oni
 player, 751 posts
Fri 14 Aug 2015
at 05:32
Re: Conexão de Granada 3 - Dia M
Red Oni escutou as informações sobre o veiculo e se vira para responder.

"Hai. Eles precisam ser protegidos, mas tiros podem voar enquanto lutamos perto deles..." Se vira com uma expressão serena no rosto."Tire-os daqui vou lhe ganhar tempo e garantir que não interfiram." Diz fazendo um gestual a lá samurai sacando uma espada não existente que logo se materializa em suas mãos e vai interceptar os bandidos.

This message was last edited by the player at 05:32, Fri 14 Aug 2015.

Wraith
 player, 579 posts
Fri 14 Aug 2015
at 19:52
Re: Conexão de Granada 3 - Dia M
Wraith usa seus poderes para possuir um dos guardas e acessar suas memórias para entender o que eles estão guardando e o que seria a distorção espacial da outra porta.
Transmorfo
 player, 267 posts
 Daniel Magellan
Sat 15 Aug 2015
at 17:34
Re: Conexão de Granada 3 - Dia M
Nemesis:
Em seguida, se virando para Transmorfo: <Blue>"Ei, Danny Boy, deixa que eu cuido do comitê de boas vindas, ok? Parece que você tem um avião pra pegar..." diz ele, sinalizando para o avião que começa a deixar o hangar.

Droga! Tudo estava acontecendo rápido demais e no caos, Daniel só conseguia ver coisas explodindo e pessoas morrendo.

Esta é a última vez que faço isso!
Transmorfo pensou.

A primeira coisa que fez foi sair do uniforme e visor holográfico que só faziam atrapalhá-lo. Depois, virou uma falcão e alcançou o avião. Quando estava sobre ele, virou um elefante e caiu sobre a cauda do aeroplano, tentando esmagá-la.


Narrador 2.0
 NPC, 154 posts
 GM Substituto
Thu 20 Aug 2015
at 20:43
Re: Conexão de Granada 3 - Dia M
Ooc:Upgrades!

Red Oni:
Red Oni escutou as informações sobre o veiculo e se vira para responder.

"Hai. Eles precisam ser protegidos, mas tiros podem voar enquanto lutamos perto deles..." Se vira com uma expressão serena no rosto."Tire-os daqui vou lhe ganhar tempo e garantir que não interfiram." Diz fazendo um gestual a lá samurai sacando uma espada não existente que logo se materializa em suas mãos e vai interceptar os bandidos.


Damphyrella abriu uma saida na parede de metal com suas lâminas,  e começou a conduzir os civis para fora na direção do ônibus.  Enquanto a croata estava evacuando os inocentes,  a Espadachim Psíquica foi na direção oposta,  por onde seu visor holográfico mostrava um bando de homens armados correndo para a porta.

Quando o primeiro deles colocou a mão na maçaneta,  ele foi recebido pela lâmina de Katsumi empalando-o no peito. Os outros homens pararam assustados e deram um passo pars trás,  dando à Misfit a vantagem da surpresa.  Saltando e esquivando-se de capangas muito mais lentos que elas,  Oni os combateu com graça e elegância,  sentindo a sua consciência se expandir de seu corpo para sua lâmina e além. E dentro  dela,  uma energia começou a crescer.  Algo que ela não podia explicar,  mas que ela sabia instintivamente como utilizar. Com um grito,  ela saltou por cima de um dos seu adversários,  pousando no meio deles,  e como um vulcão em erupção,  ela liberou essa energia,  com um grito:

KIAAAAAAAAAAIIIII

Uma onda de choque tendo ela mesmo como epicentro arremessou tudo ao seu redor para longe com a violência de uma explosão.  Seus adversários caíram ao chão mortos ou incapacitados,  a parede mais próxima dela ficou deformada,  janelas se quebraram,  e a vontade de lutar de uma segunda leva de capangas morreu,  ao que o terror em seus rostos logo resultou em uma debandada desorganizada.


Wraith:
Wraith usa seus poderes para possuir um dos guardas e acessar suas memórias para entender o que eles estão guardando e o que seria a distorção espacial da outra porta.


O capanga que havia acabado de se emburacar na casamata foi um alvo fácil para Wraith.  Ele estava fumado,  o que o deixou ainda mais suscetível.  Eles eram bandidos de uma facção criminosa do Brasil que estavam ali para fazer negócios para uma rota de tráfico de drogas,  armas e sexo com cartéis colombianos e mexicanos.  Um sujeito que ele não sabia quem é mas parecia europeu ou russo havia se juntado às negociações oferecendo algum tipo de serviço,  o que tinha a ver com o mainframe ali dentro.  Ele não sabia o que era, nem o que o protegia,  mas ouviu de outros falar de uma demonstração em que abriram fogo contra a barreira e as balas foram absorvidas.

- "Ei,  você tá bem,  Cara?" o outro capanga perguntou

Do lado de fora...

Transmorfo:
Droga! Tudo estava acontecendo rápido demais e no caos, Daniel só conseguia ver coisas explodindo e pessoas morrendo.

Esta é a última vez que faço isso!
Transmorfo pensou.

A primeira coisa que fez foi sair do uniforme e visor holográfico que só faziam atrapalhá-lo. Depois, virou uma falcão e alcançou o avião. Quando estava sobre ele, virou um elefante e caiu sobre a cauda do aeroplano, tentando esmagá-la.



Ao que Transmorfo pensou em mudar de forma,  o uniforme dele desapareceu,  e o visor holográfico se tornou intangível e adaptou-se a forma que o durlaniano tomou. Ele caiu como elefante em cima da cauda do avião,  que se amassou como papel. Bandidos em pânico correram,  enquanto alguns poucos mais ousados.

Por trás deles,  Vigilante surgiu,  alvejando os dois e pulando no rombo aberto no avião.  O visor destacou um dos ocupantes da aeronave como alvo primário.

F.  da Costa

Sem pena e ignorando as balas de dois seguranças,  ela agarrou Beira-mar e jogou para fora do avião.


Ao redor do compound,  um círculo  de fogo se formou.
Wraith
 player, 580 posts
Thu 20 Aug 2015
at 21:07
Re: Conexão de Granada 3 - Dia M
Wraith usa a arma do traficante que dominou para liquidar o segundo bandido e sai do corpo e o atinge com um golpe sináptico.

Após liquidar os bandidos ela fala no comunicador.

Encontrei um tipo de barreira ou portal dentro do bunker. Alguem pode analisar para mim rapidamente?

Enquanto aguarda mais informações Wraith passa pela lateral da barreira para ver o que poderia existir do outro lado.

This message was last edited by the player at 21:08, Thu 20 Aug 2015.

Narrador 2.0
 NPC, 155 posts
 GM Substituto
Fri 21 Aug 2015
at 01:17
Re: Conexão de Granada 3 - Dia M
Wraith:
Wraith usa a arma do traficante que dominou para liquidar o segundo bandido e sai do corpo e o atinge com um golpe sináptico.

Após liquidar os bandidos ela fala no comunicador.

Encontrei um tipo de barreira ou portal dentro do bunker. Alguem pode analisar para mim rapidamente?

Enquanto aguarda mais informações Wraith passa pela lateral da barreira para ver o que poderia existir do outro lado.



O bandido foi pego de surpresa e alvejado por Wraith, e sua morte foi imediata. o bandido possuido acordou ainda mais confuso e aterrorizado quando a Misft saiu dele, e nocautea-lo foi uma sopa.

Pelo Comm, GEM respondeu:

"Ativando Drone. Aguarde." - A Holograma informou.

O Celular dourado da Líder Etérea de repente começou a flutuar e a emitir feixes luminosos direciuonado ao campo de energia.

Quando Gwen estava prestes à se aproximar da barreira, no seu visor holográfico o aviso de PERIGO soou com letras vermelhas garrafais e piscantes.

"Este campo possui propriedades fásicas que podem ser potencialmente letais para o seu próprio campo fásico, Wraith." a Holograma a informou - "Neutraliser possui a habilidade para debilitar ou anular completamente este campo."
Red Oni
 player, 752 posts
Fri 21 Aug 2015
at 02:46
Re: Conexão de Granada 3 - Dia M
"Kono zako ga!" diz com desprezo quando os bandidos fogem. Olha ao redor para ver se há mais perigo próximo dos que estavam sendo evacuados que requeira sua interferência se não ela vai se juntar aos outros.

OOC: Seus vermes!
OOC2: upgrades sempre são bem vindos, kudos.

This message was last edited by the player at 05:50, Fri 21 Aug 2015.

Neutraliser (M)
 player, 102 posts
 Chris O'Donell
 Quebrarei esta ilusao
Fri 21 Aug 2015
at 19:55
Re: Conexão de Granada 3 - Dia M

Caramba.


Neutraliser corre para o local indicado.