Batendo papo com Leão.   Posted by DM.Group: 0
DM
 GM, 176 posts
Sat 7 Jan 2012
at 10:59
Batendo papo com Leão
Quando Barbantar abre a porta, vocês sentem o cheiro ainda mais forte invadir as suas narinas e então veem o impensável.

Dentro da casa, que é como se fosse um grande salão de baile, existe ao longo da parede lateral direita vários corpos de pessoas, pelo menos uns 12, que estão dependurados como se em um matadouro, totalmente desnudos e com vários deles sem pedaços do corpo, como se tivessem sido literalmente fatiados.

Mais para frente, no outro canto do salão, há uma mesa de refeições, ricamente ornamentada.

Na parte posterior do salão existe como um palco e uma parede que corre ao fundo que tem duas entradas laterais.

As janelas são grandes mas estão todas cobertas com cortinas pesadas e fechadas.

Zocram entra no salão invisível deixando os leões e seu cavalo do lado de fora. Usa o seu onix dog, que apesar de ficar farejando e olhando para tudo quanto é lado, não acha nada.
Bluepearl entra hiding in shadow e moving silently enquanto procura por armadilhas. [não encontra nada]
Black Fox entra e usa seu tracking para tentar rastrear o rakshasa. [não encontra nada]
Verdum entra voando e dá uma geral por cima do salão.
Xavroar ao presenciar a cena começa a vomitar compulsivamente.
William entra com seu elemental e fica junto com o gnomo o ajudando.
Barbantar entra e vai até o fundo, varrendo o backstage com suas espadas porém não encontra nada também.

This message was last edited by the GM at 11:26, Sat 07 Jan 2012.

Rakshasa
 NPC, 6 posts
Sat 7 Jan 2012
at 11:22
Re: Batendo papo com Leão
De repente vocês escutam uma voz vindo da direção da mesa:

"Muito bem, vocês mostraram que não são tão inúteis quanto os outros humanos.

Tenho um acordo a propor.

Você recuperam algo que é importante para os Rakshasas e em troca eu e meu povo saímos deste vale e entrego para vocês Informação e Reféns.

Os reféns eram a próxima leva de carne fresca e estão inteiros e vivos, porém paralisados e em um lugar seguro.

Com relação à informação, posso contar por que estamos aqui e dar informações sobre Wolover's Keep.

O que eu quero de vocês? Que encontrem um item que deve estar em Wolover's Keep.

Como já devem ter ouvido, ninguém retorna de Wolover's Keep. Nem mesmo Rakshasas.

Um Rakshasa de um dos meus clãs, entrou lá com um cetro. O cetro é um item que garante a liderança entre os rakshasas no nosso plano original, portanto sem ele tenho que ficar nesse plano nojento e pior ainda, outros mais virão.

Por isso tantos de minha raça aqui, estávamos nos preparando para recuperar o item.

Como vocês acabaram com boa parte de meus súditos, é justo que tomem o seu lugar.

Podemos lutar ou negociar, porém apesar de vocês matarem vários de meus súditos, eu ainda não estou sozinho e nem os reféns."
DM
 GM, 178 posts
Sat 7 Jan 2012
at 11:23
Re: Batendo papo com Leão
IMPORTANTE
Todos os personagens de vocês, pelo nível de experiência, sabem muito bem sobre rakshasas. Todos vocês tem o conhecimento do Monsters ao longo da aventura.

Portanto vocês sabem que o Rakshasa é Lawful (aliás, ele é o único que dá pra confiar em seguir um acordo, já que nenhum player é lawful, hehehe)

Também sabem que apesar de inominável e abominável, rakshasas quando no plano material se alimentam de carne humana fresca.


This message was last edited by the GM at 11:27, Sat 07 Jan 2012.

William Murdock
 player, 73 posts
 HP: 58 [46] AC: -10
 3|7|6|9|8
Sat 7 Jan 2012
at 12:41
Re: Batendo papo com Leão
William distraiu-se no início da fala do Marajá, pois proferia palavras de conforto ao gnomo enquanto buscava alguma erva para tentar melhorar sua situação física, apesar do enorme choque emocional que todos passavam naquele instante.


´Talvez eu não tenha prestado atenção suficiente, mas quantos seriam os reféns, Marajá? Se inicia a negociação creio que sua posição tenha modificado significativamente em relação ao momento em que o jovem Almirante Bluepearl lhe oferecera uma transação, então espero maior colaboração de sua parte.´

Dirigindo-se aos demais e ao elemental:

´Por favor, companheiro servidor de Istishia, peço que ajude quem for lidar com os corpos do povo local ali no canto. Se puder, auxilie a purificar os corpos com a benção de Istishia (banho!) para que providenciarmos o correto funeral deles.´

This message was last edited by the player at 12:44, Sat 07 Jan 2012.

Zocram Faldorn
 player, 71 posts
 HP 29 [105] AC -4
 saves 5|7|6|5|8
Sat 7 Jan 2012
at 12:43
Re: Batendo papo com Leão
Zocram, deixando sua situação de invisibilidade, dirige-se ao Raksha:

"Não haverá acordo enquanto houver reféns Raksha. Usando de suas palavras, ninguém volta de Wolovers Keep, nem vcs, portanto o que vc está nos propondo é simplesmente que, após matarmos seus súditos, que viremos as costas deixando-os com um estoque de alimento razoável e que banquemos os garotos de entrega numa missão impossível, é isto mesmo? Por favor, não insulte nossa inteligência."

"Se vc libertar o vilarejo e nos acompanhar para fora dos limites da cidade, poderemos falar sobre nossas necessidades mútuas relacionadas ao Keep. Caso contrário que se cesse o falatório"
Admiral Bluepearl
 player, 101 posts
 HP: 59[89] AC: -5
 ST: 6 | 3 | 5 | 9 | 4
Sat 7 Jan 2012
at 12:55
Re: Batendo papo com Leão
"Demônio! Eu queria arrancar sua cabeça para pendurar em cima da lareira!", se recompõe, "Vamos salvar os reféns e garantir que nunca mais volte aqui."

"Amigos, vamos começar com as condições: "
  • Vai libertar as mulheres e crinças reféns como sinal de boa fé.
  • Nós vamos levar esse cetro aí na sua cintura como garantia.
  • Não vai mais praticar nenhum ato de maldade até voltarmos.
  • Você terá que reparar o mal que fez aqui.
    • primeiramente dar um jeito de ressuscitar aquelas pessoas ali, você tem a capacidade de levantar uma por dia, quando voltarmos já terá terminado.
    • Vai pagar uma indenização para cada uma dessas pessoas.
    • Ressuscitar não é transformar em undead!!! É trazê-los de volta à vida assim como era, em perfeitas condições mentais, de saúde e espirituais.
  • Vai alimentar os reféns enquanto estivermos lá e garantir que nenhum mal lhes aconteça
  • Quando voltarmos com os dois cetros, você vai embora em paz e nunca mais voltará para Cormyr.
  • Este acordo implica não somente você, mas seus súditos, descendentes e prepostos.


"amigos, o que mais podemos exigir?"
William Murdock
 player, 74 posts
 HP: 58 [46] AC: -10
 3|7|6|9|8
Sat 7 Jan 2012
at 13:03
Re: Batendo papo com Leão
´Bluepearl, suas condições me satisfazer. Já, Zocram, antevejo um dilema. Ou nos aliaremos a um Rakshasa para resolver a missão, sendo que sua presença física seria nossa garantia de cumprimento de condições, ou dependeremos da palavra dele, seja aqui, seja fora da cidade. Em que pese serem duas dificílimas opções, eu ainda creio que depender da honra daquele que nós enfrentamos, seguindo as condições de Bluepearl, fere menos meus valores pessoais do que me aliar a um ser maligno. Percebe o conflito moral?´
Verdum Bonestaff
 player, 89 posts
 63[68]AC:-11
 Saves:3|-2|0|2|-1
Sat 7 Jan 2012
at 13:09
Re: Batendo papo com Leão
In reply to William Murdock (msg #8):

"Bluepearl está certo. Façamos assim."
Rakshasa
 NPC, 7 posts
Sat 7 Jan 2012
at 16:42
Re: Batendo papo com Leão
"Vamos ver se vocês entendem. Eu não quero ficar nesse plano imundo. Mas também não vou entrar em wolover's Keep com risco de morrer. Mesmo sendo imortal o processo todo é muito irritante e demora muito.

Tomamos essa cidade como base de operações para que meus súditos pudessem ir buscar o cetro.

Porém vocês se mostraram muito mais competentes que eles e talvez tenham mais chance de sucesso.

Conhecendo os humanos, os reféns são a única moeda de barganha que eu tenho e não vou abrir mão dela.
Rakshasa
 NPC, 8 posts
Sat 7 Jan 2012
at 16:47
Re: Batendo papo com Leão
As pessoas foram mortas para alimentar apenas os Rakshasas que estao na cidade ou que chegarão em breve.

Ainda existem 10 outros em nosso poder, porém estao paralisados e nao necessitam de comida ou bebida.

Concordo com as condições. Mas se eu os trazer de volta à vida, será sem suas peles e pedaços. Eu nao tenho o poder de restaurá-los, portanto morrerão em seguida.
William Murdock
 player, 75 posts
 HP: 58 [46] AC: -10
 3|7|6|9|8
Sat 7 Jan 2012
at 18:39
Re: Batendo papo com Leão
William confidencia a Verdum e Bluepearl (quem mais estiver perto poderá ouvir claramente):

´Amigos, eu pessoalmente não exijo a ressurreição. Providenciarei funeral digno a cada uma das vítimas e, após a saída dos Rakshasas, abençoarei essa terra com todo o poder que Istishia me conceder.´
Rakshasa
 NPC, 9 posts
Sat 7 Jan 2012
at 19:28
Re: Batendo papo com Leão
Este vilarejo já não serve para mais nada para mim. A menos que eu tenha que continuar aqui até o cetro ser encontrado.

Então temos um acordo?

Das 10 pessoas, 2 são mulheres e nenhuma é criança, sabe como é, quanto mais carne melhor.

Portanto vou soltá-las se concordarem.

Agora se vocês não voltarem dentro de 1 mês vou dá-los como mortos e continuar com a minha vida.
Admiral Bluepearl
 player, 102 posts
 HP: 59[89] AC: -5
 ST: 6 | 3 | 5 | 9 | 4
Sat 7 Jan 2012
at 19:49
Re: Batendo papo com Leão
Dois meses. Entao, nos conte tudo o que sabe sobre Wolover, seu Keep e a historia do cetro...
William Murdock
 player, 76 posts
 HP: 58 [46] AC: -10
 3|7|6|9|8
Sat 7 Jan 2012
at 21:04
Re: Batendo papo com Leão
´Há um acordo, de minha parte. Alguém se opõe?´
Verdum Bonestaff
 player, 90 posts
 63[68]AC:-11
 Saves:3|-2|0|2|-1
Sat 7 Jan 2012
at 21:10
Re: Batendo papo com Leão
In reply to William Murdock (msg #15):

"Os termos estão ok... Porém, como disse, só faço acordos cara a cara... Chega de ilusões e ventriloquismo..."
Rakshasa
 NPC, 10 posts
Mon 9 Jan 2012
at 23:58
Re: Batendo papo com Leão
"Bom, isso vai ser um tanto difícil, já que eu não estou dentro do salão.

Se vocês esperarem um pouco, meus súditos já estão levando as duas reféns para ai.

Eu também vou em seguida."
Verdum Bonestaff
 player, 92 posts
 63[68]AC:-11
 Saves:3|-2|0|2|-1
Mon 9 Jan 2012
at 23:59
Re: Batendo papo com Leão
In reply to Rakshasa (msg #17):

"Estamos esperando, gatinho..."
William Murdock
 player, 77 posts
 HP: 58 [46] AC: -10
 3|7|6|9|8
Tue 10 Jan 2012
at 00:10
Re: Batendo papo com Leão
William se aproxima dos corpos no canto da sala, com seu companheiro elemental.

´Aguardarei, Marajá. Enquanto isso, alguém me ajuda aqui?"
Verdum Bonestaff
 player, 93 posts
 63[68]AC:-11
 Saves:3|-2|0|2|-1
Tue 10 Jan 2012
at 00:18
Re: Batendo papo com Leão
In reply to William Murdock (msg #19):

"Ei, já estou ajudando! Meu manto está todo sujo de sangue já!"
Admiral Bluepearl
 player, 104 posts
 HP: 59[89] AC: -5
 ST: 6 | 3 | 5 | 9 | 4
Tue 10 Jan 2012
at 03:22
Re: Batendo papo com Leão
Hide in shadows/move silently (ok nos dois checks) atrás do palco.
Barbantar Mithrilhand
 player, 81 posts
 HP 123 [123] AC -10
 Saves max -4/-2/-3/-3/-1
Tue 10 Jan 2012
at 09:06
Re: Batendo papo com Leão
Barbantar permanece onde está, preparado, diante da ainda distinta possibilidade de perigo.
DM
 GM, 180 posts
Wed 11 Jan 2012
at 00:36
Re: Batendo papo com Leão
Após alguns enervantes minutos de espera, vocês escutam movimento vindo da porta dos fundos.

Então dois homens, vestidos como se fossem camponeses, entram carregando uma mulher que apesar de parecer estar desmaiada, do jeito que seu corpo está relaxado, está com os dois olhos abertos.

Em seguida deles, outros dois homens entram carregando uma segunda mulher na mesma situação.

Eles as colocam deitadas no chão, no nível do salão principal, em frente ao palco.

Instantes depois vocês veem o Mahrajah entrar no salão, ostentando seu bastão e aparentemente sem nenhum ferimento.
Rakshasa
 NPC, 11 posts
Wed 11 Jan 2012
at 00:38
Re: Batendo papo com Leão
"E então? Aqui estão as mulheres, como combinado. Vocês irão cumprir sua parte do acordo e ir atrás do cetro?"
Verdum Bonestaff
 player, 94 posts
 63[68]AC:-11
 Saves:3|-2|0|2|-1
Wed 11 Jan 2012
at 00:41
Re: Batendo papo com Leão
In reply to Rakshasa (msg #24):

"Willian, cheque as mulheres... Elas estão bem?"

"Finalmente deu as caras, gatinho..."
DM
 GM, 181 posts
Wed 11 Jan 2012
at 00:50
Re: Batendo papo com Leão
Verdum Bonestaff:
In reply to Rakshasa (msg #24):

"Willian, cheque as mulheres... Elas estão bem?"

"Finalmente deu as caras, gatinho..."

Elas parecem paralisadas. Mas com os sinais vitais ok.
Verdum Bonestaff
 player, 95 posts
 63[68]AC:-11
 Saves:3|-2|0|2|-1
Wed 11 Jan 2012
at 01:18
Re: Batendo papo com Leão
In reply to DM (msg #26):

Spellcraft para saber o que foi feito com elas...
Barbantar Mithrilhand
 player, 82 posts
 HP 123 [123] AC -10
 Saves max -4/-2/-3/-3/-1
Wed 11 Jan 2012
at 01:18
Re: Batendo papo com Leão
OOC: mestre, nao que mude algo, mas o Barbantar havia bloqueado (ou tentado bloquear) a porta dos fundos...

Barbantar aguarda paciente pelo desfecho da conversa. Como um bom guerreiro, nao tirava os olhos do inimigo!
DM
 GM, 182 posts
Wed 11 Jan 2012
at 01:52
Re: Batendo papo com Leão
Verdum Bonestaff:
In reply to DM (msg #26):

Spellcraft para saber o que foi feito com elas...

Você tem certeza que isso não é o efeito de nenhum spell.
Verdum Bonestaff
 player, 96 posts
 63[68]AC:-11
 Saves:3|-2|0|2|-1
Wed 11 Jan 2012
at 01:58
Re: Batendo papo com Leão
In reply to DM (msg #29):

"Willian, elas não estão enfeitiçadas... Veja se consegue entender porque elas estão paralisadas... Trauma talvez, ou algum veneno?"

"Ei, Tigrão, o que fez com as garotas"
William Murdock
 player, 78 posts
 HP: 58 [46] AC: -10
 3|7|6|9|8
Wed 11 Jan 2012
at 02:06
Re: Batendo papo com Leão
William aproxima-se das mulheres.

´Com licença, Marajá, apenas desejo verificar o estado dessas senhoras.´


Em seguida dirige-se ao Marajá:

´Cumpriremos como prometido, assim como você e seus homens cumprirão sua parte no acordo.´

Agora olhando para os companheiros.

´Mas creio que não há pressa que demande nossa partida imediata. Podemos providenciar um rápido e decente funeral aos mortos e após descansarmos nossas mentes partiremos com o melhor preparo para a missão que deve ser a mais difícil que já realizei em minha vida.´

This message was last edited by the player at 02:08, Wed 11 Jan 2012.

Verdum Bonestaff
 player, 97 posts
 63[68]AC:-11
 Saves:3|-2|0|2|-1
Wed 11 Jan 2012
at 02:24
Re: Batendo papo com Leão
In reply to William Murdock (msg #31):

"Concordo com você, Willian... Da última vez que fomos apressados, não deu muito certo, inocentes morreram..."
Admiral Bluepearl
 player, 105 posts
 HP: 59[89] AC: -5
 ST: 6 | 3 | 5 | 9 | 4
Wed 11 Jan 2012
at 11:28
Re: Batendo papo com Leão
Bluepearl sai das sombras e diz "Informação! Rakshasa, você prometeu informação... Conte-nos tudo o que sabe sobre Wolover e seu Keep, bem como a história desse cetro, o que ele faz e que risco corremos ao apanha-lo para você."

Estica a mão aberta, "Seu cetro, como garantia."
Zocram Faldorn
 player, 72 posts
 HP 29 [105] AC -4
 saves 5|7|6|5|8
Wed 11 Jan 2012
at 22:16
Re: Batendo papo com Leão
William Murdock:
´Bluepearl, suas condições me satisfazer. Já, Zocram, antevejo um dilema. Ou nos aliaremos a um Rakshasa para resolver a missão, sendo que sua presença física seria nossa garantia de cumprimento de condições, ou dependeremos da palavra dele, seja aqui, seja fora da cidade. Em que pese serem duas dificílimas opções, eu ainda creio que depender da honra daquele que nós enfrentamos, seguindo as condições de Bluepearl, fere menos meus valores pessoais do que me aliar a um ser maligno. Percebe o conflito moral?´


Zocram ouve atentamente as palavras do clérigo e, sem disfarçar seu descontentamento, responde:

"Amigo William, não consigo discutir qualquer questão moral enquanto houver reféns nas mãos destas criaturas e, particularmente, sempre prefiro meus inimigos perto de mim do que longe."

Falando isto, volta-se para o Raksha  "Infelizmente terei que conviver com esta situação pois percebi que tenho visões diferentes de meus novos companheiros, mas desde já lhe aviso que não temos nem teremos nenhum acordo firmado. A única coisa que garanto é que farei o possível para resolver o problema que me foi dado e, se sua necessidade tiver algo relacionado com isto, poderá fazer parte de meus objetivos."
DM
 GM, 183 posts
Thu 12 Jan 2012
at 21:20
Re: Batendo papo com Leão
William Murdock:
William aproxima-se das mulheres.

´Com licença, Marajá, apenas desejo verificar o estado dessas senhoras.´



Você acredita que elas foram envenenadas com alguma coisa que as deixa em um estado de calepsia.

Porém os sinais vitais estão ok.

This message was last edited by the GM at 22:47, Thu 12 Jan 2012.

Verdum Bonestaff
 player, 98 posts
 63[68]AC:-11
 Saves:3|-2|0|2|-1
Thu 12 Jan 2012
at 22:10
Re: Batendo papo com Leão
In reply to DM (msg #35):

OOC: Gosto muito de você, leãozinho...
Rakshasa
 NPC, 12 posts
Thu 12 Jan 2012
at 23:00
Re: Batendo papo com Leão
Zocram Faldorn:
Falando isto, volta-se para o Raksha  "Infelizmente terei que conviver com esta situação pois percebi que tenho visões diferentes de meus novos companheiros, mas desde já lhe aviso que não temos nem teremos nenhum acordo firmado. A única coisa que garanto é que farei o possível para resolver o problema que me foi dado e, se sua necessidade tiver algo relacionado com isto, poderá fazer parte de meus objetivos."


"Como eu disse antes, não acredito que vocês fariam qualquer coisa por mim só pela cor da minha juba.
Esse veneno é bem incomum, para falar o mínimo.
Como vocês sabem, nós gostamos de carne humana fresca, então precisamos manter o estoque vivo.

Sem o antídoto, eventualmente eles morrerão."

Ele então coloca a mão na roupa e retira dois frascos bem pequenos.

"aqui está, é só jogar na boca delas."
Rakshasa
 NPC, 13 posts
Thu 12 Jan 2012
at 23:18
Re: Batendo papo com Leão
Admiral Bluepearl:
Bluepearl sai das sombras e diz "Informação! Rakshasa, você prometeu informação... Conte-nos tudo o que sabe sobre Wolover e seu Keep, bem como a história desse cetro, o que ele faz e que risco corremos ao apanha-lo para você."

Estica a mão aberta, "Seu cetro, como garantia."



"Antes de emprestar meu cetro à vocês, e só faço isso porque irá ajudá-los na empreitada, deixe-me contar algumas coisas:

Há alguns meses, um de meus súditos que estava nesse maldito plano, ficou sabendo de um grande tesouro mágico que existe em Wolover's Keep e decidiu entrar lá para nunca mais voltar.

Normalmente eu não gastaria um segundo pensando no maldito, mas até Maharajahs não estão livres das alinaças políticas. E por certos acordos com outros reinos e outros poderes, tive que enviar outros dois para resgatar o desgraçado. Que também não voltaram.

Aí eu fiquei um tanto quanto interessado. O que poderia matar ou prender tantos Rakshasas? Acabei mandando o meu Rajah mais importante com 10 dos meus melhores Ruhks. Além disso confiei a ele o cetro de poder que controla e estabiliza meu reino nos Outer Planes. Ele o levou, porque o cetro tem uma magia poderosa de teleporte que os levariam imediatamente à minha presença, onde quer que estivessem. E ele foi com ordens de andar sempre com ele em mãos e usá-lo ao primeiro sinal de algo muito errado.

Como podem imaginar, eles também não voltaram.

Sem o cetro meu reino será desestabilizado nos Outer Planes e centenas de Rakshasas terão que vir ao plano material de uma só vez. Imagino que isso não seja algo que vocês estejam muito interessados e nem eu.

Então resolvi eu mesmo vir para cá e comandar de perto a operação.

Mas antes  precisaríamos nos preparar e resolvi escolher uma cidade a montar acampamento. Agora a cidade era tão porcaria, que não tinha absolutamente nada de bom aqui. Então além de dominar esses humanos fracos, passamos a encomendar algumas coisinhas para nos dar o mínimo de conforto para nossa estada.

Isso faz umas duas semanas e aí vocês chegaram."
William Murdock
 player, 79 posts
 HP: 58 [46] AC: -10
 3|7|6|9|8
Fri 13 Jan 2012
at 00:59
Re: Batendo papo com Leão
William pega os frascos e pede licença aos servos do Marajá. Em seguida, segurando bem cada moça, ministra os antídotos, acalmando-as conforme elas acordam.
Verdum Bonestaff
 player, 99 posts
 63[68]AC:-11
 Saves:3|-2|0|2|-1
Fri 13 Jan 2012
at 01:27
Re: Batendo papo com Leão
In reply to William Murdock (msg #39):

Cansado, depois de retirar os corpos pendurados, Verdum só quer terminar logo essa conversa e seguir com o plano inicial...

"Bom trabalho, Willie"
Barbantar Mithrilhand
 player, 83 posts
 HP 123 [123] AC -10
 Saves max -4/-2/-3/-3/-1
Fri 13 Jan 2012
at 12:36
Re: Batendo papo com Leão
Barbantar permanecia imóvel, mãos posicionadas no punho de suas fieis espadas. Era o tipo de situação que o deixava sem ação: reféns! Internamente pensava nas famílias desoladas, aguardando entes queridos que nao retornam ao lar... Sente vontade de fatiar aquele leão e colocar sua pele para forrar o fundo de sua carroça, mas tinha juízo suficiente para saber que o momento era de negociação. Confiava que aquele pessoal cheio de pose que viajava com ele performaria bem melhor que ele nessa função.

Internamente, se questionava o que realmente iriam enfrentar... E se realmente os poderes desse cetro maligno valeriam a pena para carrega-lo conosco...
Admiral Bluepearl
 player, 106 posts
 HP: 59[89] AC: -5
 ST: 6 | 3 | 5 | 9 | 4
Fri 13 Jan 2012
at 12:45
Re: Batendo papo com Leão
"Pelos Deuses! Acho que estamos diante do maior mal que ja enfrentamos.... O que sabe sobre Wolover o mago? Ele ainda está vivo, tipo um lich? [qual a tradução de lich?]

Esse seu cetro, que poderes ele tem? [é uma rod of rulership pela descricão, certo? Ja tive uma, mto util... Hehehe]

Que tipo de criaturas habitam esse keep?"
Admiral Bluepearl
 player, 107 posts
 HP: 59[89] AC: -5
 ST: 6 | 3 | 5 | 9 | 4
Fri 13 Jan 2012
at 12:55
Re: Batendo papo com Leão
In reply to Admiral Bluepearl (msg #42):

OOC nao é rulership, confundi o nome, é aquela que cada gem é um botão e faz uma coisa.... Né? Nao lembro o nome...
Barbantar Mithrilhand
 player, 84 posts
 HP 123 [123] AC -10
 Saves max -4/-2/-3/-3/-1
Fri 13 Jan 2012
at 15:39
Re: Batendo papo com Leão
OOC: Rod of Lordly Might? Se for, eh interessante, mas nao vai "salvar nossas vidas" melhor do que uma que faz teleport from anywhere! Hehehehe
Verdum Bonestaff
 player, 100 posts
 63[68]AC:-11
 Saves:3|-2|0|2|-1
Fri 13 Jan 2012
at 16:01
Re: Batendo papo com Leão
In reply to Barbantar Mithrilhand (msg #44):

OOC: Depende se o teleport formos nós que controlemos ou não... Pode até ser pior... hehehe
DM
 GM, 184 posts
Fri 13 Jan 2012
at 19:05
Re: Batendo papo com Leão
Verdum Bonestaff:
In reply to Barbantar Mithrilhand (msg #44):

OOC: Depende se o teleport formos nós que controlemos ou não... Pode até ser pior... hehehe


ooc: Não esqueçam de quando (se) acharem o cetro do leão acionar o teleporte imediatamente. Eu vou adorar....

This message was last edited by the GM at 19:05, Fri 13 Jan 2012.

William Murdock
 player, 80 posts
 HP: 58 [46] AC: -10
 3|7|6|9|8
Fri 13 Jan 2012
at 19:14
Re: Batendo papo com Leão
[ooc: Se for só um momento Harry Potter and the Goblet of Fire ficarei feliz...]

William ministra o antídoto e atende as necessidades das duas moças, acalmando-as. Em seguida, boceja, indicando sua vontade de descansar após um dia cansativo. Suas juntas já indicam pequenas dores, ante o longo tempo sem realizar tamanho esforço!
Verdum Bonestaff
 player, 101 posts
 63[68]AC:-11
 Saves:3|-2|0|2|-1
Fri 13 Jan 2012
at 20:40
Re: Batendo papo com Leão
In reply to DM (msg #46):

OOC: justamente isso que me preocupa...

Verdum coloca as mãos nos joelhos, arqueando o corpo de cansaço...
Olha seu manto cheio de sangue...
"Cruuuuzeeeess ... Estou um nojo!"
Cof cof
"Willie, preciso de um banho..."
Depois se aproxima de Bluepear e cochicha:
"será que é o caso levarmos esse cetro?"
Rakshasa
 NPC, 14 posts
Tue 17 Jan 2012
at 02:48
Re: Batendo papo com Leão
"Aqui está o cetro (ooc: ele explica como usá-lo, é um Rod of Lordly Might).

Eu não tenho mais informações sobre Wolover ou seu keep. Eu tinha mandado um dos meus súditos levantar informações nas outras vilas e ele ainda não tinha me contado o que aprendera.

Mas como vocês o mataram então não temos como saber o que descobriu."
DM
 GM, 185 posts
Tue 17 Jan 2012
at 02:54
Re: Batendo papo com Leão
As mulheres se recuperam após o antídoto e vocês cuidam do corpos da melhor maneira possível, ainda dentro do salão.

Ao olhar para a praça, vocês notam que as pessoas vão se liberando do charm do Rakshasa e a cidade começa a entrar em um grande luto e pranto por tudo o que aconteceu nas últimas semanas e por todos que morreram e se machucaram.

As pessoas começam a se aglomerar ao redor da praça e olham para vocês em busca de alguma direção.

Vocês estão ainda dentro do salão, porém perto da porta. Os corpos estão alinhados no chão no lado interno.
O Rakshasa está olhando para vocês ainda perto do palco porém os olha como se esperando o que vocês vão fazer.

Ações?
Barbantar Mithrilhand
 player, 85 posts
 HP 123 [123] AC -10
 Saves max -4/-2/-3/-3/-1
Tue 17 Jan 2012
at 09:25
Re: Batendo papo com Leão
Se perguntassem a Barbantar tudo que ele ouviu naquela sala, teria dificuldade de reproduzir. Tal era sua tensão e alerta à batalha, assim como esforço para controlar a vontade de fatiar o leão.

A noção de pessoas na praça o fez se mover, entretanto, arrancando uma (ou mais, se necessário) das pesadas cortinas do salão para cobrir os corpos mutilados. Queria diminuir o impacto daquela vista traumatizante. Tudo isso sem, entretanto, tirar os olhos do marajá.

OOC: Outras ações só depois que os companheiros terminarem o diálogo e dispensarem a presença do leão. Estou imaginando que ele não ficará na vila, certo?
Admiral Bluepearl
 player, 108 posts
 HP: 59[89] AC: -5
 ST: 6 | 3 | 5 | 9 | 4
Tue 17 Jan 2012
at 12:46
Re: Batendo papo com Leão
Bluepearl sai do salão e vai para o meio da praça. Olha para as pessoas e ergue a voz firme:

"Povo de Hetchit, alguns de vocês devem me conhecer, sou Bluepearl, almirante da marinha nacional. Peço a todos manter a calma, muitas vidas já foram desperdiçadas.

Vocês estão acordando de um feitiço terrível, será necessária uma força descomunal para suportar o que está por vir.

Um demônio aprisionou a mente de vocês, fazendo-os crer que ele era seu líder. Acreditamos que umas vinte pessoas lhes foram tiradas neste triste episódio, incluindo aquelas mortas na taverna durante o combate, mas ainda há oito habitantes presos como reféns. Essas duas senhoras foram libertadas como garantia, que elas voltem para os seus entes queridos e tentem recomeçar as suas vidas.

Ninguém deverá entrar no salão, alguns corpos ainda precisam ser limpos e tratados antes das famílias os verem, é uma visão perturbadora.

Para libertar os oito reféns, teremos que buscar um item muito importante para esses demônios, os encontraremos nesse salão quando voltarmos. Não façam nenhum tipo de contato, não falem com eles, não façam nenhum tipo de acordo, eles vão distorcer e roubar as suas almas.

Um acontecimento nefasto, devemos encontrar força no fundo dos nossos corações. Sua Tempestade William Murdock, grande oráculo da igreja do Lorde das Águas talvez tenha palavras mais sábias nesse momento.

Por favor, quem é o administrador local? Precisamos possamos providenciar os detalhes para os próximos dias."

William Murdock
 player, 81 posts
 HP: 58 [46] AC: -10
 3|7|6|9|8
Tue 17 Jan 2012
at 14:31
Re: Batendo papo com Leão
Com ajuda do elemental companheiro, William limpa e abençoa os corpos. Permanece em tal tarefa com a maior agilidade possível para evitar qualquer choque de familiar ou curioso.

Ao ouvir as palavras de Bluepearl pede que os demais continuem a preparar os corpos, agradecendo à ajuda de Barbantar, e se dirige à população.

´Senhores, sei o quão doloroso é perder um ente querido. Mas o momento para o luto virá nos próximos dias. Nesse instante devemos agradecer aos Deuses por termos recuperado o corpo dos que caíram e podermos providenciar o devido funeral, garantindo que suas almas fiquem intactas e sigam seu rumo natural alémvida. Por favor, peço que me ajudem a preparar tudo para acolhermos esses corpos. Já tentei limpar ao máximo e os abençoei, evitando que os corpos de nossos companheiros queridos sejam usados para o mal.´

William retorna aos demais companheiros.

´Por favor, quanto mais braços ajudarem nessa tarefa, antes descansaremos e antes sairemos para cumprir nossa missão.´
Barbantar Mithrilhand
 player, 86 posts
 HP 123 [123] AC -10
 Saves max -4/-2/-3/-3/-1
Wed 18 Jan 2012
at 00:39
Re: Batendo papo com Leão
Ooc: novamente pergunto: o leão vai ficar lá no salão todo esse tempo? Nem ne? Vai voltar pro plano dele, imagino... Gostaria de saber! Afinal, nao adianta achar os reféns, pois estão envenenados!

Barbantar, depois de agrupar cuidadosamente dos corpos dos cidadãos mortos onde determinado por William, segue para arrastar as malditas carcaças de rakshasas dali... Primeiramente, tira delas as roupas e objetos pessoais para analisar mais tarde com seus companheiros (mestre, anything?). Pretende deixar o que for de valor material para os moradores locais... pequena compensação. Depois volta para de reunir com seus companheiros, onde sugere queimar as carcaças.

Mentalmente, grava a imagem dos monstros que derrubou: tinha um estranho hobby! Gostava de esculpir em pedra pequenas estatuetas dos monstros que liquidava. Um dia, faria um jogo com aquilo, talvez...
Rakshasa
 NPC, 15 posts
Thu 19 Jan 2012
at 15:55
Re: Batendo papo com Leão
"Então está feito.

Nào pretendo ficar por aqui esperando ver o que acontece, mas dentro de uma semana eu volto para cá e deixo meu paradeiro com o Taverneiro, ou alguém na taverna que ainda esteja vivo."

Vocês veem o Rakshasa tomar forma humana, de um homem alto de cabelos loiros.

"Me procurem sobre o nome de Jason Bold."

E então ele casta outra dimension door e desaparece.
DM
 GM, 186 posts
Thu 19 Jan 2012
at 16:13
Re: Batendo papo com Leão
Quando o Rakshasa desaparece, os quatro homens que tinham carregado as mulheres, parecem acordar de um transe e começam a se perguntar onde estão.

Vocês então cuidam de todos os detalhes referentes à limpeza e preparação dos corpos. O elemental faz um abela faxina antes de voltar ao seu plano e William faz uma bela cerimônia funerária para todos os que morreram.

Fora do perímetro da vila, vocês queimam as carcaças dos rakshasas e encontram várias jóias, ouro e alguns ítens.

  • 250 GP
  • 300 SP
  • 150 CP
  • 12 anéis
  • 4 colares
  • 32 gemas
  • 1 chapéu (redondinho estilo turco)
  • 7 adagas ornamentadas com jóias


Vocês descobrem que o administrador da vila está desaparecido, mas um dos anciões meio que toma conta da situação e serve de intermediário com vocês.

Quando vocês acabam tudo, já passa das 14h e vocês ainda não almoçaram (na verdade nem café tomaram também).

Ações?
Verdum Bonestaff
 player, 103 posts
 63[68]AC:-11
 Saves:3|-2|0|2|-1
Thu 19 Jan 2012
at 17:30
Re: Batendo papo com Leão
In reply to DM (msg #56):

"Agora que o perigo deu uma trégua, vejo o quanto estou F-A-M-I-N-T-A!!!! Preciso comer uma saladinha e um frango grelhado...

Cof Cof

Tenho fome... Alguém pode providenciar algo para nós enquanto eu vejo o que temos aqui nesses ítens?"

Casto Identify
DM
 GM, 187 posts
Thu 19 Jan 2012
at 19:59
Re: Batendo papo com Leão
Verdum Bonestaff:
In reply to DM (msg #56):

"Agora que o perigo deu uma trégua, vejo o quanto estou F-A-M-I-N-T-A!!!! Preciso comer uma saladinha e um frango grelhado...

Cof Cof

Tenho fome... Alguém pode providenciar algo para nós enquanto eu vejo o que temos aqui nesses ítens?"

Casto Identify


Ops, tem certeza?

Demora oito horas para preparar os itens e logo após castar, você perde 8 pontos de constituição.
E você pode identificar até 18 itens e/ou funções.

você pode castar um detect magic antes para saber quais são mágicos.
Verdum Bonestaff
 player, 104 posts
 63[68]AC:-11
 Saves:3|-2|0|2|-1
Thu 19 Jan 2012
at 22:37
Re: Batendo papo com Leão
In reply to DM (msg #58):

Ok... vou comer e depois fazer isso... Detect Magic e Identify... Depois vou relaxar lendo e dormindo... hehehehe
Admiral Bluepearl
 player, 109 posts
 HP: 59[89] AC: -5
 ST: 6 | 3 | 5 | 9 | 4
Thu 19 Jan 2012
at 22:37
Re: Batendo papo com Leão

Depois que tudo se acalma um pouco, "Amigos, proponho almoçarmos, recuperarmos nossas energias e só partir amanhã de manhã."

OOC: DM, vamos encurtar os RPs nesse caso? Se sim, quero questionar tudo o que puder sobre Wolover, o keep, pixies ou coisas que se assemelhem à barata undead na região, etc...
William Murdock
 player, 82 posts
 HP: 58 [46] AC: -10
 3|7|6|9|8
Fri 20 Jan 2012
at 02:13
Re: Batendo papo com Leão
´Posso convocar a benção das águas para agilizar nosso descanso. Mas precisarei de tempo para meditar antes de partirmos novamente.´

Se nada mais de interessante for acontecer, William almoçará, ajudará a população. Pouco após o anoitecer usará Nap para agilizar seu sono e ficará até a manhã meditando.