6.6 - A Torre do Condor.   Posted by Narrador.Group: 0
Narrador
 GM, 678 posts
Sat 16 Apr 2016
at 14:14
Re: 6.6 - A Torre do Condor
Os aventureiros passam M'Weru por cima do muro e saltam. Do outro lado, por toda a extensão do muro, há cacos de cerâmica até a distância de um metro e meio. No ponto indicado, Antinanco havia aberto uma passagem para que todos pudessem entrar sem o menor problema.

O Jardim Externo é cuidadosamente projetado, consistindo em um gramado bem aparado, com alguns arbustos aqui e ali. A área é totalmente devassada. De onde estão, os aventureiros não tem como ver os portões em qualquer um dos muros. Quatro fontes, em pontos equidistantes, formam uma espécie de cruz, a 45º graus do caminho. Cada uma das fontes tem uma figura horrorosa, cujos detalhes teriam que ser vistos mais de perto para serem entendidos. O solo se eleva levemente até o Muro Interno.

O Muro Interno é semelhante ao Externo, porém parece mais alto de quem vê da rua, pois é localizado em um ponto mais elevado, e é totalmente coberto de trepadeiras. Ao contrário do Jardim Externo, o Interno parece ser uma verdadeira selva, com plantas que lembram as aventuras do grupo nas Terra das Amizanis.

A distância entre os muros é curta. Uns quinze metros.
Antinanco
 player, 334 posts
 Guia
 Arqueiro
Sat 16 Apr 2016
at 16:32
Re: 6.6 - A Torre do Condor
Antinanco de uma posição proxima ao muro interno vigia com seu arco a aproximação dos guardas e faz sinal para os companheiros se apressarem.
M'Weru
 Player, 186 posts
Sat 16 Apr 2016
at 18:06
Re: 6.6 - A Torre do Condor
Kizwunba informa M'Weru que Antinanco fez sinal para prosseguirem. Enquanto eles seguem até o muro interno, o irmão faz uma descrição do lugar onde estão, as condições do jardim, as fontes com suas figuras sinistras.
Conor
 player, 334 posts
 Meio-atlante
 Meio-amizani
Sat 16 Apr 2016
at 19:16
Re: 6.6 - A Torre do Condor
Desta vez, Conor sai na frente, cruzando a distância o mais rápido e silenciosamente consegue. Quando chega no muro interno, sinaliza para que seus companheiros venham.
Kizwunba
 player, 111 posts
Mon 18 Apr 2016
at 23:16
Re: 6.6 - A Torre do Condor
Enquanto o grupo avança em direção ao Muro Interno, M'Weru pede a Kizwumba que descreva o que vê nas fontes. A resposta do guerreiro é desconcertante:

Não sei descrever o que vejo, irmã. Parecem monstros alados, mas toda vez que tento focar minha visão, é como se as formas das estátuas e entalhes mudasse.
- diz Kizwunba apreensivo.
M'Weru
 Player, 187 posts
Mon 18 Apr 2016
at 23:46
Re: 6.6 - A Torre do Condor
Ao ouvir o que o irmão fala sobre as estátuas, M'Weru para e faz o irmão parar também. Ela sabia que havia alguma coisa ali e precisava descobrir o que era.

Kizwunba, pare e olhe com atenção. É importante, o que pode me dizer sobre essas estátuas das fontes. Ele sussurra para o irmão.

Sei que é um risco parar agora, mas sei que será um risco se não souber o que são essas coisas... Ela pensa enquanto aguarda que o irmão lhe dê mais informações.
Antinanco
 player, 335 posts
 Guia
 Arqueiro
Tue 19 Apr 2016
at 00:33
Re: 6.6 - A Torre do Condor
Antinanco percebe que M'weru e Kizumba pararam, mas nao entende o motivo.

O que eles estão fazendo?

O tempo esta passando e logo os guardas chegarão ao local.

Ele prepara seu arco para dar combate aos guardas caso eles apareçam.
Eyja Styrdottir
 player, 306 posts
 Skadian (Einheir)
 Huskalar (Beserker)
Tue 19 Apr 2016
at 02:28
Re: 6.6 - A Torre do Condor
Eyja se aproxima com arma na mão e esperando problemas.
Narrador
 GM, 680 posts
Tue 19 Apr 2016
at 18:52
Re: 6.6 - A Torre do Condor
Acostumado a servir como os olhos de sua irmã, Kizwunba se aproxima da fonte e a analisa atentamente.



Subitamente o guerreiro desfalece, e tem que ser amparado por M'Weru e Eyja.

Kizwunba balbuciona palavras sem nexo.
M'Weru
 Player, 189 posts
Tue 19 Apr 2016
at 19:34
Re: 6.6 - A Torre do Condor
Ao sentir que seu irmão perdeu os sentidos, M'Weru pede ajuda. Eyja, por favor ajude. Vamos levá-lo para o muro. Lá os outros podem içá-lo. Ela sussurra.

Então, tenta com todas as suas forças suportar o peso do irmão e aguarda que Eyja a guie para o muro.

Eu sabia que havia alguma coisa errada aqui. Eu sabia...
Antinanco
 player, 336 posts
 Guia
 Arqueiro
Tue 19 Apr 2016
at 21:51
Re: 6.6 - A Torre do Condor
Antinanco vendo a cena da uma corrida até o grupo sempre continuando a olhar para a direção onde os guardas deverão aparecer em breve.

Vamos rápido.
Eyja Styrdottir
 player, 307 posts
 Skadian (Einheir)
 Huskalar (Beserker)
Wed 20 Apr 2016
at 01:05
Re: 6.6 - A Torre do Condor
Vou tentar resistir a tentação e levarei Kizwunba para longe próximo ao muro onde ele será içado.
Conor
 player, 337 posts
 Meio-atlante
 Meio-amizani
Wed 20 Apr 2016
at 12:46
Re: 6.6 - A Torre do Condor
Conor ajuda Eyja, tentando a celerar o translado do companheiro inconsciente.

Era só que nos faltava: ter que ficar carregando  este homenzarrão!

This message was last edited by the player at 15:12, Thu 21 Apr 2016.

M'Weru
 Player, 192 posts
Thu 21 Apr 2016
at 12:50
Re: 6.6 - A Torre do Condor
M'Weru segura em alguma parte da roupa de Eyja, para não atrapalhá-la ao carregar seu irmão e vai seguindo em direção ao muro, para poder sair daquele jardim o mais rápido possível.
Antinanco
 player, 338 posts
 Guia
 Arqueiro
Fri 22 Apr 2016
at 20:11
Re: 6.6 - A Torre do Condor
Antinanco repara nos rastros que todos estão deixando.

Se estes guardas forem atentos irão nos perceber.
Narrador
 GM, 681 posts
Fri 22 Apr 2016
at 13:45
Re: 6.6 - A Torre do Condor
O grupo carrega o corpo de Kizwunba até quase o muro. É quando o guerreiro bantanu começa a acordar.
Kizwunba
 player, 113 posts
Fri 22 Apr 2016
at 13:46
Re: 6.6 - A Torre do Condor
- Argh! Que dor de cabeça. - ele exclama.

Mas imediatamente se lembra de onde está e passa a falar baixo.

-O que foi aquilo? Que bruxaria era aquela?

E olhando para o alto do muro.

-Vou precisar de ajuda para subir. Meu corpo está dormente.
Kizwunba
 player, 114 posts
Sun 24 Apr 2016
at 21:08
Re: 6.6 - A Torre do Condor
Vi algo assustador, algo que preciso partilhar, o olhar do guerreiro parece um misto de confusão e medo.

Por que algo assim se revelou para mim?

Estou confuso irmã.

This message was last edited by the player at 15:52, Mon 25 Apr 2016.

M'Weru
 Player, 193 posts
Sun 24 Apr 2016
at 21:23
Re: 6.6 - A Torre do Condor
M'Weru sabia que havia algo errado ali e o desmaio de seu irmão e as declarações dele agora confirmavam suas suspeitas.

Diga meu irmão, diga o que viu e sentiu. E ela se concentra para ouvir Kizwunba e quem sabe começar a decifrar este mistério.


Edit: M'Weru sussurra (esqueci do "small"). :-)

This message was last edited by the player at 00:23, Mon 25 Apr 2016.

Conor
 player, 338 posts
 Meio-atlante
 Meio-amizani
Sun 24 Apr 2016
at 23:05
Re: 6.6 - A Torre do Condor
Se for algo importante para nossa missão, diga agora. Senão, talvez fosse melhor esperar estarmos de volta em nossos aposentos, após termos tido sucesso nesta empreitada, diz Conor, preocupado com a perda de tempo.
Kizwunba
 player, 115 posts
Mon 25 Apr 2016
at 18:07
Re: 6.6 - A Torre do Condor
Conor esta certo, não sei se o que vi tem relação com o que vamos enfrentar, mais aqui não é o lugar adequado para conversamos. Ou recuamos ou damos prosseguimento.

This message had punctuation tweaked by the player at 18:08, Mon 25 Apr 2016.

Conor
 player, 339 posts
 Meio-atlante
 Meio-amizani
Mon 25 Apr 2016
at 20:46
Re: 6.6 - A Torre do Condor
Avante, eu digo, reponde o mestiço.
Eyja Styrdottir
 player, 308 posts
 Skadian (Einheir)
 Huskalar (Beserker)
Tue 26 Apr 2016
at 01:42
Re: 6.6 - A Torre do Condor
Eyja nada diz ela avança passando os demais como a skadiana que é e segurando o machado com ambas as mãos.
M'Weru
 Player, 195 posts
Tue 26 Apr 2016
at 02:41
Re: 6.6 - A Torre do Condor
M'Weru concorda com o irmao e o segue.

Vou considerar que alguem vai ajuda-la a escalar o muro, o irmao provavelmente.
Antinanco
 player, 339 posts
 Guia
 Arqueiro
Tue 26 Apr 2016
at 05:11
Re: 6.6 - A Torre do Condor
Antinanco mesmo com sua calma peculiar, estava extremanente nervoso no momento.

Sigam rápido ou vou começar a atirar em vocês para treinar a pontaria quando os guardas chegarem.