1750 d.C. Expedição na África - Flashback 01.   Posted by Immortal.Group: 0
Immortal
 GM, 7 posts
Thu 1 Oct 2020
at 18:12
1750 d.C. Expedição na África - Flashback 01
   Expedição Rio Ubangui

   Hoje: A estrada pra Kaga Bandoro é péssima, o sacolejar da Van e a paisagem selvagem trazem lembranças de um tempo antigo, de quando o homem ainda tentava descobrir a Terra Incognita, e cometia atrocidades hoje relegadas ao pior da espécie. Vocês já estiveram aqui, mas essas terras não se chamavam República Centro Africana...

   1750 d.C.: A expedição, lidera por Herman Moll, famoso cartógrafo inglês, e bancada pela Royal Society, sai de Alexandria, seguindo o rio Nilo até os desertos de Nubia, onde avançará continente desconhecido adentro  (tentando evitar a rota árabe de escravos) em busca dos afluentes do grande rio Ubangui. O objetivo é mapear a rota do Ubangui pela Ethiopia Superior, até sua foz na margem oeste do continente africano.

OOC:

Mapas, para localizarem-se e imersão no tópico:
MAPA 1 - 1710
MAPA 2 - 1737

Estou considerando que todos estão presentes. Caso considere que seu PJ não estaria presente, só avisar.

Resolveremos a expedição com um Staged Quick Encounter (SWADE pg 134). Eu exponho a situação, um (ou mais, vai depender) de vocês rola o que eu solicitar, e após o resultado dou seguimento. Pensem em situações mais macro, e não na 'tarefa' micro:

-Somente um rola: como você auxilia a expedição? É o líder, seguindo mapas e direcionando os demais? (Eu pensei no Kabash fazer essa rolagem, já que ele é Egípcio. Skills sugeridas: Common Knowledge, Survival ou Notice).
Só descrever brevemente como ajuda e o que está fazendo, para justificar a escolha da Skill, e rolar, depois é comigo.

This message was last edited by the GM at 00:53, Fri 02 Oct 2020.

Kabash (Dan)
 player, 1 post
 Kabash
Fri 2 Oct 2020
at 00:53
1750 d.C. Expedição na África - Flashback 01
Passar por Alexandria trás boas e más recordações. Quando o líder da expedição menciona a biblioteca Kabash segura o ímpeto de corrigi-lo.

Kabash olha ao redor atento, o tempo passa lentamente por aqui.

OOC:
NOTICE 21:49, Today: Kabash (Dan) rolled 16,2 using d6,d6, rerolling max with rolls of (6+6+4)16,2.  notice. – [roll=1601599771.83585.348729]


Immortal
 GM, 8 posts
Fri 2 Oct 2020
at 15:23
1750 d.C. Expedição na África - Flashback 01
   Deixando o terreno conhecido para trás, Egito, Kabash toma a frente da caravana junto com o navegador principal. Ele fica de olho em pontos de referência que conhece, e auxilia a direcionar o grande grupo através do deserto.

   Quando o deserto e o interior do continente africano começam a cobrar seu alto preço, as Montanhas da Lua tomam conta do horizonte. Uma paisagem bela, porém de auspicio incerto. Não é por motivos banais que nação alguma adentrou o coração da África: doenças desconhecidas, habitantes hostis e animais selvagens são só alguns dos 'inimigos'. Felizmente, as montanhas indicam que a areia ficará para trás, e as florestas e savanas estão à frente. Infelizmente, o que está por vir são terras e terrenos completamente desconhecidos.

   Já descendo a face sul das montanhas, deparam-se com uma vila. Algumas cabras caminham por ali, despreocupadas.



   Os habitantes não parecem hostis, eles se escondem dentro de suas cabanas ao verem o grupo de vocês.
   Apenas um homem mais velho, junto de dois garotos, fica olhando para vocês. Ele acena para que se aproximem.



   "Pasiteri nenyi Irenyawi lijochē nachewi ፡፡ yemīlewawet’uti negeri āle?"

   Moll, junto de vocês e mais alguns intérpretes, conseguem decifrar que ele está oferecendo alguma troca. Ele diz que o nome dele é Irenyawi, que parece querer dizer O Pastor na sua língua. Moll não consegue vislumbrar o que eles teriam para trocar com a expedição, mas seria interessante ter um guia.

OOC:

-Somente um rola: essa rolagem vai servir para ver se conseguem chegar em um acordo com o homem, se ele sabe alguma coisa sobre a região, ou se eles tem como ajudar (Skills sugeridas: Common Knowledge, Persuasion, Survival ou Repair).
Roleplay o que faz e o que pretende, e role!
Pode ser qualquer um de vocês, mas só um.

This message was last edited by the GM at 15:25, Fri 02 Oct 2020.

Willem Einthoven
 player, 8 posts
 Lucas
Fri 2 Oct 2020
at 17:20
1750 d.C. Expedição na África - Flashback 01
Will adianta-se. Com a ajuda do intérprete, indica: "Estamos conhecendo esta bela terra. Viemos de muito longe. Temos comidas diferentes e objetos estranhos. Precisamos de um guia. Podemos trocar coisas por guia?"



Escrevi truncado para ficar com cara de "não falo sua língua".

Mas rolei mal que dói.

14:19, Today: Willem Einthoven rolled 3,3 using d8,d6.  Rolando de novo.
14:19, Today: Willem Einthoven rolled 3,1 using d8,d6.  Persuasion.

Hearic (Ross)
 player, 3 posts
Sat 3 Oct 2020
at 22:35
1750 d.C. Expedição na África - Flashback 01
Hearic se recorda da forma como se comunicou com as inúmeras tribos de índios americanos ao longo de suas viagens, e tenta gesticular para ele usando temas relacionados com sobrevivência.

"Talvez precisemos ficar mais algum tempo por aqui", Hearic olha para posição do sol e fala novamente, "Sugiro montar acampamento e compartilhar com nossa refeição com ele".

Enquanto isso pensa: "Compartilhar comida é sempre um bom jeito de começar uma nova amizade".

Rolamento survival
20:46, Today: Hearic (Ross) rolled 7 using 2d6 with rolls of 2,5.
Ok... rolei esquisito... o mais alto foi o 5

This message was last edited by the player at 23:48, Sat 03 Oct 2020.

Kabash (Dan)
 player, 2 posts
 Kabash
Sun 4 Oct 2020
at 01:00
1750 d.C. Expedição na África - Flashback 01
Kabash se aproxima, por ser natural do Egito tem um rosto que talvez já tenha sido visto por ali. Ouve a conversa inicial dos intérpretes e apesar de não falar a língua, consegue utilizar algumas expressões e palavras passando a impressão de "não tão estrangeiro".

Passa segurança que quem vier como guia será tratado com respeito.

21:55, Today: Kabash (Dan) rolled 19 using 2d6, rerolling max with rolls of (6+6+5)17,2.  Persuasion suporte. –
Kai (Ant)
 player, 5 posts
Mon 5 Oct 2020
at 16:21
1750 d.C. Expedição na África - Flashback 01
K decide interagir com as outras pessoas da comitiva enquanto os demais tentam estabelecer contato. O Maori aproveita os mais curiosos que se aproximam para mostrar as tatuagens que ainda são bem visíveis em seus braços.

O maori usa sua própria língua natal e conta a história da sua viagem de canoa para terras novas. Desenha no chão sua canoa, faz sinais teatrais de que está remando, sinais de chuva caindo e de estrelas no céus que o guiaram até terras novas.

Persuasion (support?) 8
09:20, Today: Kai (Ant) rolled 2 using 1d6, rerolling max.  reroll of d6.
09:20, Today: Kai (Ant) rolled 1,6 using d4,d6.  persuasion.

Não estava setado para rerolar o máximo.

Immortal
 GM, 10 posts
Mon 5 Oct 2020
at 17:21
1750 d.C. Expedição na África - Flashback 01
Bill, com o auxílio dos demais do grupo, consegue se fazer entender. As conversas, apesar de tomadas por mímica, ficam mais complexas e os dois grupos fazem um princípio de amizade.

A sugestão de Hearic é aceita, e a expedição monta acampamento por alguns dias junto a aldeia.

Irenyawi faz diversas trocas com a caravana, ele tem apreço especial por ferramentas, como machados e facões. Vocês colocam junto na negociação algumas comidas diferentes, e o negócio está feito.




No dia que a expedição recolhe acampamento para seguir, Irenyawi se aproxima. Junto dele os dois garotos de quando se conheceram, e mais 6 aldeões, 3 mulheres e 3 homens.
O Pastor indica que os garotos são seus filhos, e essa viagem os servirá de experiência importante, quase uma passagem para a maturidade.
Os outros seis aldeões são guerreiros, e estão indo para a proteção dele e do grande grupo.




Semanas em meio a selvas e savana, após diversas baixas no grupo para doenças, animais peçonhentos e predadores, finalmente a caravana chega em um grande rio.
"M'bomou!" indica Irenyawi. Ele tenta explicar o que a palavra significa, mas só o que compreendem é que provavelmente trata-se de o nome de um deus, ou figura importante para eles.
Irenyawi, seus filhos e os aldeões se banham no rio, cumprindo algum tipo de ritual.

Herman aproveita e logo começa a tomar notas. Ele manda fica agitado com a 'descoberta' e manda montarem acampamento por ali mesmo.

Após alguns dias, e com Moll satisfeito, a caravana continua.




Seguindo as indicações do guia, a expedição segue o curso do rio recém descoberto.

Novamente, semanas de caminhada difícil e mais algumas baixas, mesmo com o auxílio de Irenyawi, que produz alguns emplastros e consegue salvar alguns 'europeus'.

No dia que chegam em um grande encontro de dois grandes rios, o M'Bomou (como Moll o batizou) e o Uele, como O Pastor chama o outro rio, acreditam ter encontrado o início do Ubangui.
Neste mesmo dia, deparam-se com uma pequena vila, próxima do início do Ubangui.




A expedição vai até o local habitado, e encontra o local em burburinho.
Homens brancos conversam com negros. Próximo deles, diversos outros negros amarrados.
No rio, diversos barcos de construção mais complexa do que seriam os dos africanos.

A chegada de vocês chama a atenção do grupo de brancos. Um punhado deles vem ao encontro da comitiva de frente da caravana.
Moll vai ao encontro deles um pouco mais afastado, mas ainda conseguem ouvir o que conversam. Eles volta e meia apontam para o grupo de Irenyawi.


Spoiler for what you hear: (Highlight or hover over the text to view)
Eles conversam em um misto de inglês e português. Tratam-se de mercadores de escravos portugueses (os únicos que arriscavam adentrar o continente).
Pela conversa, querem comprar Irenyawi e seu grupo. Tiveram muito trabalho chegando até aqui, e os escravos que as tribos locais possuem para vender estão 'podres', machucados e 'ruins'. Esse grupo que 'vocês' tem parece ótimo. Um ótimo negócio.



Moll se aproxima e conta exatamente o que ouviram.
"Tratei transporte para nós até a costa oeste. Será uma expedição única. Renderá trabalhos acadêmicos inigualáveis, e muito reconhecimento pelo nosso grande trabalho. Em troca, eles ficam com O Pastor e seus companheiros."

Moll parece faceiro com a troca, com certeza a expedição trará grande reconhecimento para ele e impulsionará sua carreira. Mapear os rios africanos é um feito e tanto.




OOC: O que fazem?
Assim que me disserem como lidam com isso, vamos para o post final desse flashback.

Hearic (Ross)
 player, 5 posts
Mon 5 Oct 2020
at 18:03
1750 d.C. Expedição na África - Flashback 01
Hearic olha para Moll de uma forma dura, mas ao mesmo tempo serena: "Se você quiser que esses grandes trabalhos sejam reconhecidos por outros, sugiro que você vá até os mercadores e renegocie nosso transporte pela segurança que vamos oferecer ao grupo".

"Enquanto isso vou me despedir dos nossos amigos de viagem". Colocando ênfase na palavra amigos.

Hearic vai até o pastor e o grupo dele, e tenta explicar que seus caminhos agora seguem separados. Eles devem voltar para casa e que os homens que encontraram aqui são maus.

Os que já conhecem Hearic sabem que ele jamais abandonará um amigo.

Kabash (Dan)
 player, 3 posts
 Kabash
Mon 5 Oct 2020
at 19:41
1750 d.C. Expedição na África - Flashback 01
Moll, Irenyawi e os seus nos trouxeram em segurança até aqui e voltarão em segurança para sua gente.

Fala em chinês para os companheiros, uma língua que sabe que Moll não faz ideia do que estarão falando.


Spoiler for Chinês: (Highlight or hover over the text to view)

Que acham de acabarmos com esses mercadores de escravo e pegarmos um barco para o K nos mostrar suas tão louvadas habilidades marítimas?


Kai (Ant)
 player, 6 posts
Mon 5 Oct 2020
at 20:24
Re: 1750 d.C. Expedição na África - Flashback 01
K sorri para a proposta de Kabash.


Spoiler for Chinês: (Highlight or hover over the text to view)

Moll não vai gostar da ideia... mas quem se importa? Ou ele vai navegar até a costa sozinho?



K começa a cantarolar um haka. Lentamente, sem os movimentos da dança de batalha, mas como um sinal de aprovação para as ações violentas mas justificadas do grupo.
Willem Einthoven
 player, 9 posts
 Lucas
Mon 5 Oct 2020
at 21:03
Re: 1750 d.C. Expedição na África - Flashback 01
Will conversa com os colegas.


Spoiler for Chinês: (Highlight or hover over the text to view)

“Aprovo a ideia de Kabash.”


Renato
 player, 3 posts
 P10|T11|W0|B3|
Mon 5 Oct 2020
at 21:09
Re: 1750 d.C. Expedição na África - Flashback 01
Leônidas apenas balança a cabeça concordando com a proposta dos Amigos.
Hearic (Ross)
 player, 6 posts
Mon 5 Oct 2020
at 21:13
Re: 1750 d.C. Expedição na África - Flashback 01
Hearic conclui sua conversa com o pastor, e começa a voltar na direção do grupo alongando os músculos.


Spoiler for Chinês: (Highlight or hover over the text to view)

Concordando com os amigos, diz: "Acho que isso iria acontecer mais cedo ou mais tarde..."

"O que fazer com os que estão vendendo os seus irmãos como escravos?"


Immortal
 GM, 12 posts
Wed 7 Oct 2020
at 16:02
Re: 1750 d.C. Expedição na África - Flashback 01
   Moll fica indignado com os que questionam sua decisão, ele inclusive manda o resto da expedição impedir Irenyawi e os seus de ir embora.
   Fica claro que a decisão de antagonizar os portugueses, fara do inglês um inimigo também, e provavelmente terão que enfrentar companheiros de expedição aliados as escravagistas.

   O grupo se combina falando em uma língua desconhecida, os demais apenas se entreolham.
   Junto ao rio estão 2 caravelas, e pelo que veem, cerca de 20 portugueses. A expedição tem 15 guardas, os demais não devem se intrometer.

   

OOC:
Vamos resolver isso como um Quick Encounter. Cada um descreve o que faz (da maneira que quiser e tão abrangente ou específico quanto quiser) e rola a Skill relevante. É uma postagem e uma rolagem para cada um.
Como vocês são 5, precisam somar 5 sucessos. As rolagens são a -2, pois estão bastante 'outnumber' e é uma situação complicada.
Passar com um raise ou mais: adiciona 2 sucessos ao total.
Passar: adiciona 1 sucesso ao total.
Falhar: não adiciona sucesso ao total e toma d4 wounds (só para ter chance do PJ morrer).
Falha crítica: diminui 1 sucesso do total e toma d6 wounds.


Se não somarem os sucessos necessários, algumas coisas podem ocorrer: Irenyawi e os seus morrem/são levados, os escravos presos são levados pelos portugueses em fuga, vocês morrem/fogem...veremos.

Coloquei a imagem acima para ilustrar um pouco da situação e auxiliar com as postagens/descrições de vocês.

Hearic (Ross)
 player, 8 posts
Wed 7 Oct 2020
at 21:12
Re: 1750 d.C. Expedição na África - Flashback 01
Hearic faz uma breve oração viking, seguido de cânticos índios e avança para o grupo mais próximo entrando em combate corpo-a-corpo, acertando o primeiro alvo.
O primeiro inimigo que avança é atingido por um poderoso chute de Hearic (First Strike), enquanto que um segundo inimigo não consegue acertá-lo, mas aproveitando a força do oponente, Hearic entra com um golpe de cotovelo no externo (Counterattack).

18:09, Today: Hearic (Ross) rolled 1,4 using d12,d6, rerolling max with rolls of 1,4.  Fighting d12 +2 (-2).
>>> Um sucesso.

Kabash (Dan)
 player, 5 posts
 Kabash
Wed 7 Oct 2020
at 23:05
Re: 1750 d.C. Expedição na África - Flashback 01
Kabash faz o seu melhor para montar uma estratégia de combate e coordenar os companheiros.

OOC: Meu Battle é +2, então foi um sucesso simples.
20:02, Today: Kabash (Dan) rolled 5,2 using d6,d6, rerolling max with rolls of 5,2.  Battle

Leonidas (Renato)
 player, 4 posts
 P10|T11|W0|B3|
Thu 8 Oct 2020
at 00:45
Re: 1750 d.C. Expedição na África - Flashback 01
Leo avança na direção dos inimigos, sacando suas espadas, ataca os escravagistas mais próximos, os que demonstram ser mais perigosos.


21:34, Today: Leonidas (Renato) rolled 12,5,9,7 using d10+2,d6+2,d10+2,d6+2.  Fighting 1 e 2 = 10 e 7, dois ataques e dois sucessos.

como não sabia se já rolava o dano, o mesmo está aí,
21:36, Today: Leonidas (Renato) rolled 6,6,10,9,3 using d10,d8,10,d10,d8.  Damage 1 e 2 = 22 e 12

K (Ant)
 player, 8 posts
Thu 8 Oct 2020
at 17:10
Re: 1750 d.C. Expedição na África - Flashback 01
K avança junto com os outros.
O estilo que K usa nessa época é pesado mas eficiente. Vai avançando com ataques sucessivos. Tenta usar os inimigos como escudo de ataques a longa distância, mas o objetivo geral é derrubar inimigos.


10:09, Today: K (Ant) rolled 6,3 using d12,d6, rerolling max.  fighting.
10:09, Today: K (Ant) rolled 5 using 1d12, rerolling max.  extra attack.

São dois ataques pelo Freenzy. Foram dois sucessos, se vale o número de ataques. Senão foi um sucesso normal.

This message was last edited by the player at 17:12, Thu 08 Oct 2020.

Willem Einthoven (Luke)
 player, 12 posts
 Lucas
Thu 8 Oct 2020
at 18:41
Re: 1750 d.C. Expedição na África - Flashback 01
Willem, que costuma preferir conversar, suspira, dá de ombros e sai batendo nos inimigos.

15:41, Today: Willem Einthoven (Luke) rolled 4,-1 using d8-2,d6-2, rerolling max.  Fighting.
Immortal
 GM, 14 posts
Thu 8 Oct 2020
at 18:51
Re: 1750 d.C. Expedição na África - Flashback 01
OOC: Apesar de algumas rolagens erradas, considerei a primeira dos que rolaram a mais, conseguiram os 5 sucessos!




Os portugueses, e alguns ingleses, são pegos de surpresa pelo grupo experiente de mercenários. O Pastor e seu guerreiros juntam-se a 'Velha Guarda'. Vendo o desenrolar do conflito, Moll ordena seus comandados a baixarem as armas, e deixa os portugueses à sorte.

A situação logo está invertida, com portugueses prisioneiros e escravos agora ex-escravos.

K aproveita a situação sob controle e averígua os barcos, são excelentes. Servirão para transportar os membros da expedição, e os portugueses, caso queiram.

Irenyawi agradece como consegue e toma seu caminho de volta para sua vila.

OOC:
Só preciso uma decisão ainda:
-O que fazem com os portugueses? Não vão conseguir 'julgar' eles ou algo assim, se levarem eles juntos, quem pode acabar julgado são vocês.
-Moll e a expedição? Apesar de serem, no momento, aliados, não há como saber o que farão uma vez de volta a europa, principalmente Moll.

Não tem resposta certa, é só para encerrar o flashback.

K (Ant)
 player, 10 posts
Thu 8 Oct 2020
at 20:23
Re: 1750 d.C. Expedição na África - Flashback 01
Com os prisioneiros rendidos, K comenta com os demais.


Spoiler for Chinês: (Highlight or hover over the text to view)

Moll vai nos causar problemas mais para frente, mas esse bastardo provavelmente tem um preço.

Matamos os portugueses e com isso retardamos o comércio de escravos na região... pelo menos por um tempo. Os dois navios são nosso espólio.

Pagamos Moll com o que os navios tiverem de riquezas para ele ficar de boca fechada...
Se ele recusar, matamos ele também e levamos todas as suas notas de volta para a Europa...




Os sinais que K faz são claros e não precisam de tradução. Quando comenta em matar Moll, ele fala olhando para ele enquanto gesticula um corte no pescoço.
Leonidas (Renato)
 player, 6 posts
 P10|T11|W0|B3|
Thu 8 Oct 2020
at 21:47
Re: 1750 d.C. Expedição na África - Flashback 01
Leo observa atento, escuta o amigo e sinaliza estando de acordo com a última parte.

Spoiler for chinês: (Highlight or hover over the text to view)
ninguém fica vivo, nem portugueses nem o Moll, tudo que está nos navios fica para nós.

Kabash (Dan)
 player, 7 posts
 Kabash
Thu 8 Oct 2020
at 22:34
Re: 1750 d.C. Expedição na África - Flashback 01
Kabash fala pros amigos.


Spoiler for chinês: (Highlight or hover over the text to view)
Não gostaria de matar nosso antigo empregador desnecessariamente, mas não sei se o preço dele é ouro, provavelmente quer reconhecimento pelo suas anotações. Trabalhei muito com livros para saber o que comove esse tipo.

Por mim acabamos com os mercadores de escravos. Pegamos um barco, armas e comida. Deixamos Moll com o outro, ele que se vire.




Depois pergunta para os recém-libertos sinalizando os portugueses com a cabeça.

O que vocês gostariam de fazer com eles?
Hearic (Ross)
 player, 10 posts
Sat 10 Oct 2020
at 21:58
Re: 1750 d.C. Expedição na África - Flashback 01
Hearic fala em Chinês:"Eu acredito que devemos deixar os portugueses com os homens que libertamos, enquanto que a expedição volta conosco, no caminho avaliamos como eles se comportam".