Nemesis


Tigre de Bronze, Relatório #154
Projeto Misfits, DC
============================================
Elemento Zero, codinome "Nemesis"
============================================

O Elemento Zero continua a progredir. Seus poderes aumentaram consideravelmente desde sua convocação, e em breve ele estará apto para testes de campo. Seu corpo, antes resistente a projéteis de baixo calibre apenas, agora consegue suportar imensos impactos - no último teste ele foi capaz de resistir ao disparo de um canhão e um lança-granadas. Sua força também vem alcançando níveis preocupantes, e já não vejo estas instalações com suficientemente resistentes caso o Elemento Zero resolva fugir - o que me leva à minha preocupação maior.

Codinome Nemesis vem desenvolvendo um comportamento excessivamente calmo e concentrado, quase obsessivo em relação a seu treinamento. Nos momentos de descanso, no entanto, ele tem demonstrado bom-humor e tranquilidade. Paralelo a isso, ele parece ter prazer em correr riscos cada vez maiores, não sei ainda se por excesso de confiança ou pura inconsequência juvenil, mas temo que isso venha a se tornar um problema em operações que envolvam abordagens sutis. O episódio que culminou em sua vinda ao Projeto não se repetiu desde então, mas tenho detectado traços alarmantes de fúria latente, o que pode se provar catastrófico se não o observarmos com muito cuidado - novamente, recomendo uma completa reavaliação do sistema de segurança de nossas instalações.

Entretanto, Codinome Nemesis parece determinado a cumprir com sua palavra, uma vez que temos cumprido com a nossa. Esse parece ser um indicador de caráter positivo, pois ele parece possuir um código de honra próprio, onde sua palavra é seu bem mais precioso - uma vez empenhada, ele não a quebra a não ser que haja um excelente motivo. Em relação à recente descoberta de ser um experimento de clonagem genética, sendo seus pais nada mais do que agentes do Xeque-Mate destacados para vigia-lo, ele parece estar absorvendo com calma e tranquilidade. Resta saber o que acontecerá quando lhe for revelado de quem ele é clone, e o real motivo. Quanto a isso, recomendo que tal informação lhe seja ocultada até o último momento, quando ele já deverá possuir total confiança no Xeque-Mate - não vejo ainda como ele reagiria ao saber que foi desenvolvido especialmente como uma defesa ao pior dos mercenários, de quem foi clonado, Lobo. Aqui acrescento que jamais me senti confortável com tal experimento, no entanto, ainda mais percebendo que o clone demonstra possuir traços preocupantes da personalidade do original.

Em relação ao treinamento, suas habilidades marciais vêem se desenvolvendo de maneira animadora, mesmo com o pouco interesse inicial em combater com técnica ao invés de pura força - o que, combinado com sua grande agilidade natural, pode torná-lo um combatente temível mesmo para super-seres de poder similar. Ele demonstrou interesse em aprender o manuseio de armas de fogo e armamentos pesados, bem como combate com armas brancas.

Por fim, recomendo que seu treinamento deva prosseguir com ênfase em moldarmos o caráter do Elemento Zero para uma direção positiva, evitando que ele siga seu caminho natural rumo à personalidade do original de quem foi clonado. Em breve ele deverá alcançar o total potencial de seus poderes e, caso sua determinação não esteja completamente estável no caminho certo, os resultados podem ser catastróficos.

Um Lobo é o suficiente, Amanda, o universo não precisa de um segundo.