Veronica Fallen
DESCRIÇÃO

Veronica é uma adolescente americana típica, frequenta o colégio, trabalha meio período numa loja de artigos góticos e de bruxaria, loirinha, magra, doce, mas muito solitária, sente que algo está errado em sua vida, mas não sabe ao certo o que é, vive a procura de respostas e de manter o controle sobre sua sanidade. É atormentada por uma dupla personalidade denominada Succubus, uma bruxa ancestral que habita seu corpo e busca o controle sobre ela.
Tem o costume de usar um diário e nele registra os acontecimentos de sua vidinha de adolescente, com seus medos, expectativas, anseios e aspirações.

FRAGMENTOS IMPORTANTES DE SEU DIÁRIO - Ordem Cronológica.


Hoje foi um dia difícil, daqueles que fazem a gente se arrepender de ter saído da cama, nunca lembro fatos da minha infância, sabia que existia algo errado comigo, aquelas coisas que acontecem a minha volta sempre me intrigaram, mas ainda não sei ao certo o que é, portas que abrem sozinhas, espelhos que se quebram, torradeiras não funcionam, além do fato de nunca ter visto uma foto minha ainda bezinha, desconfiava que meus pais não eram meus pais e hoje descobri que de fato não são meus pais, estas minhas tendências para coisas estranhas devem ter assustado meus pais verdadeiros podem ter me abandonado, ou não tinham condições de me criar, será que fui sequestrada, será que morreram? Isso ainda vou descobrir.
----------------------------------------------------------------

Me sinto tão sozinha, mesmo quando estou em casa, mesmo com o carinho de minha mãe e meu pai, que hoje sei, são de mentira.  Semana que vem vou começar o colégio e talvez conheça pessoas iguais a mim, alguém com quem possa dividir essa solidão, alguém que possa me ajudar a entender as coisas que acontecem a minha volta.
---------------------------------------------------------------

Que idiota que eu sou, pensei que o colégio seria bom, me sinto mais sozinha ainda, aquelas patricinhas são todas umas falsas metidas, como eu queria acabar com elas. Nunca me senti tão humilhada, só porque são as populares líderes de torcida pensam que podem fazer o que quiserem. São as donas do mundo, pois então vão pagar pelo o que me fizeram hoje, eu juro.
---------------------------------------------------------------

Hoje voltei a estudar estas coisas que me fascinam, descobri que as vezes sofremos ataques místicos que nos deixam fracos e com muito medo e quando sentimos medo, nossa barreira espiritual diminui constantemente e isso nos deixa vulnerável a qualquer ser, entidade, fantasma, demônio, etc; e com isso acontecendo várias e várias vezes, até podemos ser possuídos por coisas que não querem o nosso bem, será que isso tem a ver comigo, será que tem a ver com essas coisas estranhas que as vezes acontecem a minha volta? Quando mais estudo, mais confusa eu fico.
---------------------------------------------------------------

Agora terei mais tempo para estudar e aprender sobre essas coisas, não que eu goste delas, mas preciso saber o que acontece comigo, amanhã começo meu trabalho na loja, lá encontrarei pessoas que podem me ajudar em minha busca e a Sra Carter parece ser uma boa pessoa, mesmo mexendo com essas coisas estranhas de bruxaria.  Estou com um pouco de medo e ansiosa, estas coisas me deixam assim, não acho que me sentirei bem naquele lugar estranho, mas preciso vencer esse medo.


---------------------------------------------------------------

Meu primeiro dia de trabalho e puxa vida, estou tão feliz, não achei que me sentiria bem na loja, cercada daquelas coisas estranhas, pessoas esquisitas, mas parecia que eu estava em casa, nunca me senti tão bem num lugar como me senti na loja, o dia passou tão rápido que nem percebi. Não vejo a hora de voltar.
--------------------------------------------------------------

Hoje o Tommy veio falar comigo, ele é uma gracinha, lindo, simpático, acho que fiquei sem jeito, como eu sou boba, gostaria de ser um pouco como a Sarah e suas amigas, mas não consigo, pras elas essas coisas de meninos parecem tão simples.
--------------------------------------------------------------

Esse colégio ainda me mata, a Sarah Taylor vai aprender uma lição, se eu pudesse eu acabava com ela, que menina insuportável, mesquinha, bruxa.  Vive cercada pelas suas amigas vacas e com todos os idiotas babando ao seu redor, faz questão de me humilhar sempre, ela me paga ainda.
--------------------------------------------------------------

Hoje aconteceu algo estranho, não me lembro bem do que houve, não sei o que fiz, parece que passei toda minha infância assim, com essa sensação de não lembrar o que houve, hoje ao anoitecer apenas me peguei aqui no quarto, olhando para a janela e como se não tivesse feito nada durante o dia.
--------------------------------------------------------------

A Sra. Carter me disse que não apareci na loja ontem, onde estive? Estou ficando louca com isso, que horror, não me lembro do que fiz, onde estive, sei que não estive no trabalho, também faltei a aula, a Profa. Elizabeth me cobrou a atividade de ontem, tive que pensar rápido para inventar uma desculpa pelo atraso e lhe pedir um prazo maior, que logicamente ela não me deu.
A Sra Carte me contou que aconteceu um acidente na rua em frente a loja, um onibus parou bruscamente e vários carros se chocaram, felizmente não houve feridos, mas muita confusão a Sra. Carter até achou que eu tivesse sido ferida no aciente. Por sorte não ligou para meus pais. Lembra que só foi verificar o acidente depois que uma moça saiu correndo da loja. Achou isso muito estranho.
--------------------------------------------------------------

Hoje tem jantar na casa da tia Sally, ela é um amor, sempre me encheu de presentes, mas hoje, sabendo que esta não é minha família de verdade, parece que as coisas perderam o encanto, mas não quero que eles saibam que eu já descobri, sempre foram tão bons comigo, tão amáveis, carinhosos, todos eles. Vou terminar de me vestir, daqui a pouco meu pai vai gritar lá do carro.
--------------------------------------------------------------

Tenho aprendido muito na loja, mas as coisas parecem cada vez mais incertas, hoje quando lia um dos livros mais antigos lá encontrei um desenho numa das páginas, uma fotografia antiga, pintada, uma mulher que parecia familiar, mas não consegui ler nada, as palavras ficaram embaçadas e não consegui continuar com o livro aberto, um mal estar tomou conta de mim e toda aquela sensação boa que sinto quando estou na loja se foi, fechei o livro, mas aquela imagem não sai da minha cabeça, amanhã vou tentar ler.

--------------------------------------------------------------

Hoje tive um sonho onde eu estava em um lugar totalmente destruído, e via várias criaturas andando pelas ruas, não tenho certeza que isso irá acontecer, afinal, sonhos são visões de um futuro ou milhares de outros diferentes. Pensei bem, será que em vez de tentar desacreditar naquilo que existe, não seria melhor eu me preparar? Cada vez mais acredito em Fantasmas, Demônios, Seres Mágicos e tudo mais, sei que alguns seres querem o nosso mal, outros apenas brincar conosco e outros seres que querem e procuram nos ajudar, então me preparar para uma coisa que pode muito bem acontecer não seria uma má ideia. Tenho certeza que se isso vai me ajudar a compreender o mundo à minha volta.
--------------------------------------------------------------

Que raiva, aquela idiota da Sarah me paga, o Tommy veio me convidar para o baile de primavera e aquela vadia passou com as suas amigas me chamando de esquisita, dando gargalhadas do Tommy por estar falando com a esquisita da escola. Que ódio daquela menina. O mais engraçado foi que logo depois ela levou um tombo e perdeu toda a sua pose. Achei que foi pouco ainda.
--------------------------------------------------------------

Hoje quando voltava da loja para a casa encontrei um cachorrinho machucado, não aguentei e o trouxe pra casa, vou cuidar dele e logo ele estará bem, meus pais não gostaram muito da idéia, mas consegui convence-los a deixa-lo comigo.
--------------------------------------------------------------

Passaram-se alguns dias para que tivesse coragem de abrir aquele livro novamente, mas consegui e para minha surpresa direto na página onde se encontrava aquele retrato. Desta vez consegui ler um pouco, se trata de uma mulher que foi considerada bruxa alguns séculos atraz foi caçada, mas conseguiu exterminar muitos dos seus caçadores, fez muita maldade segundo o livro, não consegui avançar mais, novamente aquela sensação ruim, as letras embaçadas e a vontade de fechar o livro.
--------------------------------------------------------------

Tommy voltou a falar comigo, pensei que a Sarah tinha o afastado de mimcom suas piadinhas de mal gosto, mas não conseguiu, vou ao baile com ele. Vai ser ótimo, estou tão animada.
--------------------------------------------------------------

Hoje acordei aqui na minha cama a noite e quando olhei as horas eram 3 da manhã, muito estranho porque pra mim eu tinha acabado de deitar, mas quando amanheceu e me preparava para o colégio, descobri que era sábado, deitei na quinta e acordei no sábado, não sei o que fiz na sexta feira, não sei onde estive, apenas acordei na minha cama e perdi um dia da minha vida. Estas coisas estão me deixando muito assustada, preciso de ajuda, mas não confio em ninguém, vão achar que sou maluca.
---------------------------------------------------------------

Hoje finalmente consegui ler o relato sobre a bruxa que me é familiar, terminou sua vida sendo queimada e sua alma foi expulsa para um outro plano astral com um ritual realizado por um exercista, um ritual perdido. Pobre alma, acho isso tudo muito estranho, mas ainda assim sinto uma simpatia estranha por ela. Engraçado que ao terminar de ler uma palavra que não conheço o significado veio a minha mente. "Ayslin"... o que será isso...
---------------------------------------------------------------

Resolvi pesquisar essa palavra estranha e descobri que se trata de uma palavra Celta, e o correto é "Aislin", que significa sonho. Essa coisa não sai da minha cabeça, simplesmente não consigo esquece-la.
--------------------------------------------------------------

Pug está ótimo, hoje sai com ele dar uma voltinha pela rua, achei uma carteira num beco, tinham 30 dólares e alguns domcuntos, levei ao correio para que fosse entregue a senhora que perdeu, uma tal de Jeaninnne Foster.

--------------------------------------------------------------
Ayslin, Amarantha, Ayslin!!! E tudo se apagou, como se eu estivesse num sonho, um mundo de sonhos. Não consigo recordar, mas novamente tive aquela sensação de que estive desligada por alguns instantes, para mim parecem segundos, mas quando olho o relógio ou o calendário descubro que foram horas ou até um dia todo.

--------------------------------------------------------------

Mais pesquisas e Amaratha é uma palavra Grega que significa Imortal, olhei no livro e sabia que devia ter lido estas palavras em algum lugar e lá estava numa figura, estampada num caldeirão usado num ritual, o mais estranho é que as letras estavam tão pequenas que não eram possíveis de serem lidas como consegui ve-las ali? Este livro é sinistro. Nunca mais quero ve-lo.

--------------------------------------------------------------

Finalmente o baile, comprei um vestido lindo, como amanhã é o grande dia. Estou muito animada, mas com medo de fazer alguma caca.
--------------------------------------------------------------

Porcaria, porcaria de baile, porcaria de mundo, porcaria de pessoas, acordei nessa cela. E me lembro apenas de ter sido humilhada na frente de todos, devia ter desconfiado que o Tommy estava do lado delas, afinal, por que ele popular, bonito, assediado pelas patricinhas do colégio, iria se interessar pela esquisitinha que trabalha na loja de horrores? Sabia que tinha algo errado quando passei a ser bem tratada por aqueles malditos esnobes, logo que entrei no salão todos olharam pra mim, as luzes se apagaram, e a própria Sarah pegou o microfone e falou "Ai vem a esquisita, nossa bruxa com carinha de anjo, mas hoje vamos dar um jeitinho nisso, não é pessoal?". E todos gritaram em coro em alto e bom som Ehhhhhh!!!!!. Começaram atirar coisas em mim, vegetais podres, óleo de motor, lixo, todo tipo de lixo, acabaram comigo, nunca me senti tão mal em toda minha vida, tive vontade de matar a todos, fazer com que todos pagassem por isso, mas apenas me lembro de ter saido do correndo o mais rápido que pude e agora estou aqui nesta cela.